FGV firma acordo para gestão do projeto ampliação e modernização do Museu Sacro Franciscano
Institucional
12 Novembro 2018

FGV firma acordo para gestão do projeto ampliação e modernização do Museu Sacro Franciscano

Além da ampliação e modernização do Museu Sacro Franciscano, as obras visam reformar as oficinas, laboratórios e ateliês; e possibilitar acesso ao público para execução de restauro de suas peças sacras e de acompanhamento do trabalho dos técnicos conservadores-restauradores.

A Fundação Getulio Vargas acaba de firmar parceria com a Fraternidade Franciscana Secular de São Francisco da Penitência para apoiar o desenvolvimento do Projeto Caminho de São Francisco, que visa a ampliação e modernização do Museu Sacro Franciscano, localizado no Largo da Carioca, no Centro do Rio de Janeiro. A FGV ficará responsável por apoiar toda a gestão do projeto.

Orçado em mais de R$ 200 milhões, o projeto prevê a criação de um Centro Cultural, de uma Biblioteca, Auditório, Centro de Restauro, dentre outras estruturas complementares como restaurantes e área de hospedagem no Largo da Carioca. O professor Irineu Frare, da FGV Projetos, será o coordenador dessa iniciativa.

Além da ampliação e modernização do Museu Sacro Franciscano, as obras visam reformar as oficinas, laboratórios e ateliês; e possibilitar acesso ao público para execução de restauro de suas peças sacras e de acompanhamento do trabalho dos técnicos conservadores-restauradores.

O contrato foi assinado no dia 24 de outubro pelo presidente da FGV, Professor Carlos Ivan Simonsen Leal, e pela Ministra da Fraternidade Franciscana, Valéria da Costa Pinheiro em solenidade em que também estiveram presentes Cesar Cunha Campos (diretor FGV Projetos), Bianor Cavalcanti (diretor FGV DINT), Carlos Alberto Pinheiro (administrador da Igreja e do Museu Sacro), os professores Irapoan Cavalcanti, Irineu Frare e Willians Cesar Rocha Gaspar, e o arquiteto Glauco Campello.