FGV participa de missão da OEA nas eleições do Panamá

“O trabalho de monitoramento do debate público na internet, desenvolvido nos últimos anos pela FGV DAPP, foi de grande importância para a compreensão da discussão eleitoral panamenha nas redes sociais”, afirmou o pesquisador da FGV DAPP, Danilo Carvalho.
Políticas Públicas
17 Maio 2019
FGV participa de missão da OEA nas eleições do Panamá

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) integrou a Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) para as eleições gerais no Panamá, ocorridas no dia 5 de maio. O objetivo da comitiva foi avaliar o trabalho de monitoramento de redes sociais da autoridade eleitoral panamenha e analisar o seu possível impacto no pleito. A missão, composta por 62 observadores de 18 países, foi chefiada pelo ex-presidente colombiano Andrés Pastrana.

“O trabalho de monitoramento do debate público na internet, desenvolvido nos últimos anos pela FGV DAPP, foi de grande importância para a compreensão da discussão eleitoral panamenha nas redes sociais”, afirmou o pesquisador da FGV DAPP, Danilo Carvalho.

A contribuição da FGV DAPP, baseada na experiência da Sala de Democracia Digital – iniciativa voltada às eleições brasileiras de 2018 e que foi visitada pela Missão no ano passado –, embasará o segmento sobre mídia e redes sociais do relatório técnico da OEA com as principais conclusões e recomendações sobre o processo eleitoral, como a organização, a tecnologia e a justiça eleitoral do país.