FGV promove ciclo de palestras sobre liderança feminina no mercado de trabalho

Idealizadora do evento e professora da FGV/EBAPE, Daniela Campello fará a abertura da série dando um panorama sobre descriminação de gênero e situação da mulher no mercado de trabalho no Brasil e no mundo.
Institucional
12 Agosto 2015

De acordo com o recente relatório divulgado pela Organização Mundial do Trabalho (OIT), a renda de mulheres trabalhadoras permanecerá inferior a dos homens por mais 75 anos, aproximadamente, caso a redução das diferenças permaneça no ritmo atual. Atualmente, mulheres ainda recebem 77% do salário dos homens, um valor que permanece praticamente estagnado nos últimos 20 anos.É dentro desse contexto que o Centro de Graduação (CEGRAD) da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV/EBAPE) e o Núcleo de Estágio e Desenvolvimento de Carreiras da FGV irão promover o ciclo de palestras ?Mulheres e Liderança no Mercado de Trabalho?, que terá início na próxima segunda-feira, dia 17 agosto.O objetivo é fomentar o debate sobre a atual situação feminina no mercado. Para isso, haverá uma série de encontros em que mulheres em posição de liderança em áreas diversas, como governo, empresas, academia e empreendedorismo, terão a oportunidade de compartilhar suas experiências e as formas que encontraram para superar as barreiras de gênero. O intuito é despertar o interesse nos alunos para estas questões de enorme impacto na sociedade, e, no longo prazo, contribuir para a redução das desigualdades de condições entre homens e mulheres que persistem no mercado de trabalho brasileiro.Idealizadora do evento e professora da FGV/EBAPE, Daniela Campello fará a abertura da série dando um panorama sobre descriminação de gênero e situação da mulher no mercado de trabalho no Brasil e no mundo. Os encontros seguintes serão compostos por palestras, talks shows e debates, e contarão com a mediação da jornalista Debora Thomé.Segundo a professora da EBAPE, as mulheres vêm aumentando rapidamente sua participação no mercado de trabalho em todo o mundo, mas ainda há um longo caminho até que se possa falar em igualdade de condições entre gêneros. ?Hoje em dia, as mulheres participam de apenas 19% dos conselhos e ocupam a presidência em menos de 5% das maiores empresas mundiais?, salientou.As palestras acontecerão sempre às segundas-feiras, das 14h às 15h. Os próximos encontros serão realizados nos dias 31 de agosto e 5 de outubro, com a secretária de Fazenda do Estado de Goiás, ex-funcionária do Banco Central e diretora do Itaú, Ana Carla Abrão Costa; e com a secretária de Planejamento do Distrito Federal, professora da Universidade de Brasília e consultora legislativa do Senado Federal, Leany Lemos, respectivamente. Para realizar a inscrição para o evento dia 17, clique aqui.