FGV realiza conferência sobre integração latino-americana

Institucional
28 Dezembro 2011

O presidente Carlos Ivan realizou a abertura da Conferência Regional da International Association of Schools and Institutes of Administration ? IASIA ? realizada com o tema ?Administração para o Desenvolvimento: Desafios da Implementação de Políticas de Integração Regional?. O evento é uma iniciativa da Diretoria Internacional, DINT, em conjunto com a vice-presidência da IASIA para América Latina e Caribe, exercida pelo professor Bianor Cavalcanti, e com a Escola de Governo e Política Pública do Instituto Tecnológico de Monterrey, no México. A conferência teve coordenação acadêmica do professor Eduardo Marques, da DINT, e aconteceu nos dias 7 e 8 de dezembro na sede da FGV no Rio de Janeiro.A conferência contou com quatro painéis que trataram de infra-estrutura, políticas sociais, governos locais e integração estratégica.O painel Infra-estrutura ? moderado pelo professor Eduardo Marques ? teve como foco a construção da Rodovia Interoceânica, que une Rio Branco, no Acre, a três portos peruanos. O diretor Eleuberto Martorelli, da Odebrecht Peru, apresentou os aspectos físicos, econômicos, sociais e institucionais da obra, que chega a atingir a altitude de 4.870 m em seu ponto mais alto na travessia dos Andes. Participaram do painel o ex-Vice Ministro de Transportes do Peru, Sergio Bravo, Paulo Sergio Fonseca, assessor da Diretoria do BNDES, e Ludmila Gajdosova, Diretora Executiva da NISPAcee/IASIA Eslováquia.O painel Políticas Sociais foi centrado na experiência do Consórcio Intermunicipal de Fronteira, formado pelos municípios brasileiros de Dionísio Cerqueira (SC), Bom Jesus do Sul (PR) e Barracão (PR) e pelo município argentino de Bernardo Yrigoyen. Os prefeitos dos municípios brasileiros, respectivamente, Altair Rittes, Paulo Deola, Joarez Henrichs, e o secretário de estado Dionísio Cerqueira Flávio Berte deram depoimentos sobre a criação e desenvolvimento do consórcio, através do qual os municípios membros se apóiam mutuamente em todos os setores da administração. Participaram do painel Pablo Tigani, da Fundación Esperanza (Buenos Aires), Henri Jouval Jr, do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde-ISAGS, da Unasul, Maria Letícia de Paula Macedo, Gerente de Estratégia de Relacionamento Internacional da Caixa Econômica Federal e Paul Collins da IASIA e da Nottingham University.O painel Governos Locais se consagrou às ações federais e estaduais na zona de fronteira do norte do país. A conselheira Carla Barroso Carneiro, Chefe da Divisão da América Meridional IV do Ministério das Relações Exteriores, relatou as ações de integração física, econômica e social que o governo brasileiro realiza na fronteira em conjunto com países vizinhos. Moira Paz Estensoro, Diretora da CAF no Brasil, explicou as ações de fomento e os mecanismos de financiamento dos programas de integração regional realizadas pela CAF. Tal entidade realiza outras atividades em conjunto com a FGV, entre elas ? prevista para o ano que vem ? relativa à capacitação de altos dirigentes empresariais e da administração pública, brasileiros e sul-americanos, para uma abordagem estratégica e negocial com a China. Participaram do painel Freddy Mariñez Navarro, do Tecnológico de Monterrey, e Allan Rosenbaum, da FIU/USA e IASIA.Já o painel Integração Estratégica Regional foi moderado por Clóvis Brigagão, diretor do Centro de Estudos das Américas - CEAS/UCAM, e teve como palestrantes Maurício Santoro, professor do MBA de Relações Internacionais do IDE/CPDOC, e Pablo Celi, de nacionalidade equatoriana, sub diretor do Centro de Estudos Estratégicos de Defesa da UNASUL. Neste painel, a questão de integração regional foi vista sob a ótica da geopolítica, tendo sido abordados o histórico das integrações regionais e suas conseqüências positivas nos dias de hoje, bem como as ações de integração no campo da defesa comum, visando criar e expandir as condições para a convivência pacífica na região, sob o impulso da UNASUL.Na sessão de encerramento, o ministro Clemente Baena Soares, diretor do Departamento de América do Sul II do Ministério de Relações Exteriores do Brasil, apresentou as linhas gerais da política externa brasileira para a região.O evento contou com o patrocínio da UNIMED, da Corporação Andina de Fomento, CAF, e com o apoio institucional do Ministério das Relações Exteriores.Em breve, todos os painéis estão disponíveis no site www.iasia2011.com. No endereço também será possível encontrar slides de algumas das apresentações. 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.