GM Xperience: equipe da EAESP vence edição nacional e se classifica para etapa global nos EUA

O GM Xperience é um projeto global da GM, promovido em diversos países onde a montadora tem operações. É organizado pela área de GPSC - Global Purchasing & Supply Chain. No Brasil, 15 universidades foram convidadas pela GM para o Xperience 2017. 
Administração
17 Agosto 2017
GM Xperience: equipe da EAESP vence edição nacional e se classifica para etapa global nos EUA

Uma equipe da Escola de Administração de Empresas da FGV (EAESP) formada pelo professor Alexandre Pignanelli e pelos alunos Giovanna Bragagnolo, Gustavo Forti, Sofia Cunha e William Sun foi a grande vencedora do GM Xperience 2017. A vitória na edição brasileira levará o time da EAESP para a etapa global na matriz da multinacional, em Detroit, EUA.

“Os alunos se empenharam muito para representar a EAESP no GM Xperience. Recebemos as primeiras informações sobre o case no começo de junho, e durante os dois meses seguintes, incluindo o mês de férias, a equipe se dedicou com muita intensidade à resolução do case. Depois, como fomos avançando até a fase final, os alunos tiveram uma experiência única de aprendizado em um ambiente empresarial real, envolvendo a busca por soluções de problemas enfrentados pela GM, o desafio de tomar e sustentar decisões de alto nível, a convivência com executivos da GM e de diversos fornecedores e o planejamento e a realização de apresentações para esse público, entre outros”, destaca o professor Alexandre.  

A competição teve etapas realizadas no Sindipeças, em São Paulo, e na fábrica da General Motors do Brasil, em São Caetano do Sul. Inicialmente, a GM propôs a cada equipe a resolução de um caso de global sourcing para um componente de um veículo autônomo, em desenvolvimento pela montadora. Já na etapa final, um novo caso surpresa, continuação do anterior, foi entregue e desenvolvido no próprio dia. Todos os casos tinham como aspectos centrais elementos de logística e supply chain management, acompanhados da aplicação de conhecimentos de outras áreas da administração.

“Tentamos explorar um dos pontos fortes do nosso curso de graduação, que é o conhecimento balanceado entre aspectos quantitativos e qualitativos na gestão de empresas. Do lado técnico, desenvolvemos uma modelagem matemática bem sofisticada para sustentar as decisões propostas pela equipe; por outro, nos aprofundamos bastante em questões estratégicas. Acredito que essa abordagem foi fundamental para a vitória da EAESP, nos diferenciando das escolas de engenharia, que formavam a maioria das participantes, e das demais escolas de administração”, explica.

O GM Xperience é um projeto global da GM, promovido em diversos países onde a montadora tem operações. É organizado pela área de GPSC - Global Purchasing & Supply Chain. No Brasil, 15 universidades foram convidadas pela GM para o Xperience 2017. A etapa mundial será realizada em setembro e contará com a participação de 25 universidades de diversos países, além de instituições dos EUA.

“É sem dúvida um desafio muito maior, mas tenho certeza que a equipe se dedicará mais ainda. A preparação inclusive já começou, e os nossos alunos estão muito motivados. Nos próximos dias devemos receber o case para a etapa mundial, que pelo que sabemos estará relacionado de alguma forma aos que já trabalhamos até aqui, e reiniciaremos o processo que foi um sucesso na etapa brasileira”, conclui Alexandre.