IBRE divulga IPC-S

Institucional
02 Janeiro 2012

O IPC-S de 31 de dezembro de 2011 apresentou variação de 0,79%, 0,01 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o índice fechou o ano em 6,36%, acima da taxa de 6,24%, apurada em 2010. O grupo Alimentação continua sustentando a aceleração registrada pelo IPC-S. Nesta apuração, os destaques foram: hortaliças e legumes (-3,25% para 0,58%), arroz e feijão (2,85% para 3,75%) e aves e ovos (2,15% para 2,71%). Em contrapartida, as taxas das outras classes de despesa mantiveram-se estáveis ou registraram desaceleração. O grupo Saúde e Cuidados Pessoais, por exemplo, repetiu a taxa de variação apurada na última divulgação, 0,68%, enquanto os grupos Despesas Diversas (0,35% para 0,11%), Vestuário (1,21% para 1,03%), Habitação (0,38% para 0,27%), Educação, Leitura e Recreação (0,51% para 0,42%) e Transportes (0,61% para 0,59%) apresentaram decréscimos em suas taxas de variação. Para cada uma dessas classes de despesa, os principais destaques foram: alimento para animais domésticos (-0,38% para -1,42%), roupas (1,52% para 1,29%), tarifa de eletricidade residencial (0,93% para 0,52%) e álcool combustível (1,46% para 0,68%). Para ler o release completo, acesse IPC-S de 31 de dezembro de 2011

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.