IDE promove último ?Café com Saber? do ano

Ao longo do ano, foram realizadas sete edições do ?Café com Saber?, que abordaram desde as demandas dos cursos da área de saúde até o atual panorama das salas de aula e o crescente uso de novas tecnologias no apoio à aprendizagem, passando pelo mapeamento do perfil dos alunos dos cursos on-line.
Institucional
18 Dezembro 2013

A Diretoria de Gestão Acadêmica (DGA) do Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE-FGV) promoveu, no dia 11 de dezembro, a última edição de 2013 do ?Café com Saber? ? série de eventos voltada para a comunidade docente do Instituto. O encontro reuniu coordenadores acadêmicos, diretores e representantes da DGA.O evento contou com palestras do diretor geral do IDE, Rubens Mario Wachholz, que falou sobre a reestruturação da unidade; do diretor executivo da Rede Management, Mario Pinto; da diretora de Soluções Educacionais, Mary Kimiko; da coordenadora do Núcleo de Produtos Corporativos Brasil do FGV Corporativo, Susana Marques, além de uma apresentação das coordenadoras da DGA, Claudia Bomfim e Raquel Lenziardi, sobre as ações da área em 2013.?O evento ?Café com Saber? é uma iniciativa muito importante, pois tem aproximado a DGA dos nossos coordenadores e professores. É uma oportunidade única que temos para ouvi-los e ter sua participação em nossos projetos. Manteremos os encontros em 2014. Nesse último evento, visamos informar as mudanças ocorridas no IDE, assim como as ações e novidades da Diretoria de Gestão Acadêmica?, explicou a coordenadora Raquel Lenziardi.Ao longo do ano, foram realizadas sete edições do ?Café com Saber?, que abordaram desde as demandas dos cursos da área de saúde até o atual panorama das salas de aula e o crescente uso de novas tecnologias no apoio à aprendizagem, passando pelo mapeamento do perfil dos alunos dos cursos on-line.?A DGA está de parabéns pelas iniciativas desenvolvidas no ano de 2013. Sentimo-nos parte, ouvidos, fomos agentes ativos nos trabalhos desenvolvidos. A coerência entre o discurso e a prática está acontecendo. Ver o nosso aluno como um ser ativo, e não mais passivo, começa por nós mesmos, ao sermos tratados dessa forma nos processos de mudança e melhoria na FGV?, apontou a coordenadora acadêmica e professora Ana Ligia Finamor.