Iniciativa promove bate-papos informais para aproximar público da comunidade científica em SP

O objetivo do Pint of Science é derrubar intermediários entre o cientista e a sociedade, estabelecendo um canal direto de conversa. Os pesquisadores conversam com o público de forma descontraída em um ambiente informal, que estimula a interação entre os participantes.
Administração
13 Maio 2019
Iniciativa promove bate-papos informais para aproximar público da comunidade científica em SP

Os pesquisadores da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP), Lígia Maura Costa, Rafael Alcadipani, Marco Antonio Carvalho Teixeira e Adriana Wilner se unirão a editora-chefe dos Cadernos Gestão Pública e Cidadania, Andrea Leite (EACH-USP), o especialista em Internet of Things (IoT) Vinícius Senger (Amazon Web Services) e outros profissionais de 85 cidades brasileiras na 4ª edição do Pint of Science. O evento é um dos maiores no mundo destinados à divulgação científica e acontecerá simultaneamente em outros 24 países de 20 a 22 de maio.

O objetivo do Pint of Science é derrubar intermediários entre o cientista e a sociedade, estabelecendo um canal direto de conversa. Os pesquisadores conversam com o público de forma descontraída em um ambiente informal, que estimula a interação entre os participantes. Em São Paulo, o festival acontecerá em 13 bares com entrada gratuita e o público paga apenas o que for consumido.

Com o apoio da RAE-publicações (FGV EAESP) na organização dos bate-papos que acontecerão na Cerveja Artesanal São Paulo (CASP), no bairro do Sumaré, os pesquisadores abordarão temas diversos. Ligia Maura Costa, professora no Departamento de Fundamentos Sociais e Jurídicos, articulará sobre compliance e ética nas empresas no dia 20. Na mesma noite, Andrea Leite, pesquisadora de temas como comportamento organizacional, condições de trabalho, entre outros, conversará com o público sobre os sentidos do trabalho.

Já no dia 21, Rafael Alcadipani, membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, falará sobre a cultura organizacional policial e como ela impacta em nossos desafios correntes em segurança pública. Também nesse dia, Vinícius Senger abordará a computação em nuvem e a cultura de inovação. No dia 22, Adriana Wilner, editora-adjunta da revista GV-executivo, tratará dos bloqueios e problemas na escrita acadêmica e como escrever um bom trabalho na faculdade e na pós-graduação. Fechando a terceira noite do evento, Marco Antonio Carvalho Teixeira, professor do departamento de Gestão Pública apresentará para o público a questão da atual conjuntura política do Brasil. O evento começa às 19h.

Realizado pela primeira vez no Brasil em 2015, quando foi trazido da Inglaterra pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, o Pint of Science cresce a cada ano. Com um salto de 50 municípios em 2018 para 85 nesse ano, o Brasil se tornou o primeiro entre todos os países que sediam o festival.

A programação completa está disponível no site