Instituto de Desenvolvimento Tecnológico é credenciado pelo MEC com nota máxima
Institucional
20 Julho 2018

Instituto de Desenvolvimento Tecnológico é credenciado pelo MEC com nota máxima

A nova unidade, voltada para a disseminação do conhecimento produzido e gerado pela FGV em todo o país, recebeu o conceito máximo (5) da comissão avaliadora do Inep.

O Ministério da Educação anunciou, na última semana, o credenciamento do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (FGV IDT). A nova unidade, voltada para a disseminação do conhecimento produzido e gerado pela FGV em todo o país, recebeu o conceito máximo (5) da comissão avaliadora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“As principais questões contemporâneas demandam conhecimentos complexos e aplicados, exigindo uma interface entre as diversas áreas do conhecimento. Por esta razão, o FGV IDT é mais do que necessário, nascendo no tempo certo, para difundir pesquisas aplicadas de formas inter e transdisciplinares”, destaca o pró-reitor de ensino, pesquisa e pós-graduação da FGV, professor Antonio Freitas.

O FGV IDT terá a ambiciosa missão de disseminar e aplicar conhecimento e tecnologia, com vistas a pensar e agir eticamente pelo desenvolvimento do Brasil. A proposta da unidade é desenvolver profissionais mais qualificados em nível de graduação, alinhando-se, portanto, à missão institucional da FGV, de estimular o desenvolvimento socioeconômico nacional.

“O credenciamento do FGV IDT pelo MEC é o primeiro passo de nosso desafio de expandir a base de alunos dos cursos de graduação tecnológica da FGV, levando o conhecimento de excelência que produzimos para todo o país e contribuindo com a capacitação dos jovens para as atuais e futuras demandas do mercado de trabalho”, conclui o diretor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE), professor Flavio Carvalho de Vasconcelos.