Livro do economista Bresser-Pereira aborda projeto novo-desenvolvimentista para o Brasil

Bresser mostra as duas formas históricas de organizar o capitalismo: o desenvolvimentismo e o liberalismo econômico; critica o liberalismo econômico e as elites econômicas, políticas e intelectuais brasileiras, bem como o populismo econômico e cambial, entre vários outros temas ligados à economia.
Economia
20 Junho 2018
Livro do economista Bresser-Pereira aborda projeto novo-desenvolvimentista para o Brasil

Na obra “Em busca do desenvolvimento perdido: um projeto novo-desenvolvimentista para o Brasil”, o professor Luiz Carlos Bresser-Pereira apresenta um diagnóstico dos problemas fundamentais do Brasil a partir de uma teoria econômica em construção — o novo desenvolvimentismo, que procura definir os fatos históricos novos que levaram a economia brasileira a uma quase-estagnação, que já dura quase 40 anos. O livro acaba de ser lançado pela Editora FGV.

Bresser mostra as duas formas históricas de organizar o capitalismo: o desenvolvimentismo e o liberalismo econômico; critica o liberalismo econômico e as elites econômicas, políticas e intelectuais brasileiras, bem como o populismo econômico e cambial, entre vários outros temas ligados à economia.

Ao mesmo tempo, ele faz propostas concretas sobre uma política macroeconômica, a partir das duas contas básicas (a fiscal e a cambial) e dos cinco preços macroeconômicos (a taxa de juros, a taxa de câmbio, a taxa de salários, a taxa de inflação e a taxa de lucro). Bresser defende ainda a política industrial e a política de exportação de bens e serviços crescentemente sofisticados.

De acordo com o autor, “É preciso uma teoria que explique as baixas taxas de investimento, as altas taxas de juros e o desaparecimento da indústria, que deixam o país a cada ano mais para trás no seu desenvolvimento perante outras nações do mundo”.

Para mais informações sobre o livro, acesse o site.