Livro sobre artista Celeida Tostes é baseado em dissertação de mestrado do CPDOC

O trabalho que deu origem à publicação traçou a trajetória de Celeida Tostes (1929-1995) e de sua atuação junto à comunidade do Chapéu Mangueira, iniciada nos anos 1980.
Institucional
11 Setembro 2014

No dia 2 de setembro, foi lançado, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, o livro O Relicário de Celeida Tostes ? baseado em dissertação do Mestrado Profissional do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (FGV/CPDOC) sobre a artista plástica Celeida Tostes.O trabalho que deu origem à publicação foi desenvolvido por Raquel Martins Silva, sob orientação da professora Dulce Pandolfi, e tem o mesmo título do livro. A pesquisa traçou a trajetória de Celeida Tostes (1929-1995) e de sua atuação junto à comunidade do Chapéu Mangueira, iniciada nos anos 1980. No livro, organizado por Raquel em conjunto com o curador e crítico de arte Marcus de Lontra Costa, com consultoria do artista Luiz Aquila, a vida da professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e da Escola de Belas Artes da UFRJ é contada através de imagens e textos. A publicação, bilíngue, conta com uma biografia ilustrada, assinada também por Raquel e pela antropóloga Izabel Ferreira, cuja pesquisa iconográfica cobre 40 anos de expressão artística. A obra contém ainda registro fotográfico de todas as obras da artista, textos críticos da época e um DVD com os vídeos ?O relicário de Celeida Tostes? de Raquel Silva e ?A grande batata? de Lia do Rio. O selo é da editora Aeroplano, de Heloisa Buarque de Hollanda, e a execução, da produtora Memória Visual.A publicação foi contemplada pelo Prêmio Procultura de Estímulo às Artes Visuais da Funarte e terá distribuição gratuita em escolas de arte, bibliotecas e centros culturais. Outras obrasDuas teses de doutorado do PPHPBC do CPDOC também viraram livro em 2014, ambas orientadas pela professora Angela de Castro Gomes. Silvana Rodrigues de Andrade transformou a tese ??Eu sou uma pessoa de tremendo sucesso?: representações, identidades e trajetórias de mulheres executivas no Brasil? em livro publicado pela editora MAUAD, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). A obra aborda trajetórias, carreiras e representações de mulheres executivas no Brasil a partir da análise de revistas e de entrevistas, baseadas na metodologia de história oral.Outra tese de doutorado, de Maria Helena Versiani, foi publicada com o título Correio político: os brasileiros escrevem a democracia (1985-1988), pela editora Contracapa, também com apoio da FAPERJ. O trabalho analisa a intensa correspondência endereçada por missivistas, individuais e coletivos, a autoridades políticas no contexto da Assembleia Nacional Constituinte de 1987. As cartas, que integram a Coleção Memória da Constituinte, depositada no Museu da República, contêm sugestões, críticas, pedidos ou comentários acerca do que deveria ser contemplado pela nova Constituição.