Livros abordam planejamento e gestão de recursos hídricos no Brasil em meio a mudanças climáticas

Iniciado em 2016, as pesquisas renderam, ao longo desses dois anos, em três importantes publicações para quem busca entender o impacto do aquecimento global em algumas das principais fontes de água potável do país.
Administração
31 Outubro 2018
Livros abordam planejamento e gestão de recursos hídricos no Brasil em meio a mudanças climáticas

O Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP), com o apoio da Agência Nacional de Águas (ANA), concluiu, em 2018, uma série de estudos sobre planejamento e gestão dos recursos hídricos no Brasil no contexto da mudança do clima, em que certas bacias hidrográficas se encontram cada vez mais sujeitas a eventos de escassez de água. Iniciado em 2016, as pesquisas renderam, ao longo desses dois anos, em três importantes publicações para quem busca entender o impacto do aquecimento global em algumas das principais fontes de água potável do país.

Por meio de uma análise das condições climáticas atuais e futuras, e seus impactos hidrológicos e econômicos, o livro “Análise Custo-Benefício de Medidas de Adaptação à Mudança do Clima” avalia a perda econômica decorrente da não consideração da mudança do clima no planejamento hídrico da bacia dos rios Piancó-Piranhas-Açu (PB e RN), avaliando, na sequência, a viabilidade de potenciais medidas de adaptação.

Já a obra “Instrumentos Econômicos Aplicados à Gestão de Recursos Hídricos” busca introduzir de maneira didática e sistemática os principais conceitos econômicos que podem oferecer uma lente adicional para o leitor interessado em analisar problemas associados à maneira com que os indivíduos administram um recurso escasso como a água. Em particular, a partir de valiosas experiências internacionais, dedica-se atenção a instrumentos inovadores no contexto brasileiro, notadamente os mercados de direitos de uso de água.

Por fim, a publicação “Análise dos custos e benefícios das políticas públicas: o caso dos instrumentos econômicos para gestão ambiental” visa explicitar a todos os interessados os custos e benefícios associados a diferentes alternativas regulatórias, conferindo maior racionalidade e transparência à tomada de decisão na administração pública. Este livro investiga como a Análise de Impacto Regulatório (AIR) pode ajudar na implementação de instrumentos e medidas de adaptação à mudança do clima e quais os desafios para sua adoção na gestão de recursos hídricos no Brasil.