MBAs da FGV vencem Top of Mind Rio Grande do Sul

Institucional
24 Maio 2013

A FGV venceu, pelo sexto ano consecutivo, o Top of Mind Rio Grande do Sul, premiação organizada pela Editora Segmento desde 1991. A Fundação foi premiada na categoria ?Top Executivo?, criada em 2008. Os MBAs da FGV foram agraciados em todas as edições do prêmio desde a criação da categoria especial.  A sessão de entrega dos prêmios aconteceu no dia 13 de maio, em Porto Alegre, e reuniu líderes empresariais e profissionais de marketing, branding e comunicação do estado. Para representar a FGV, estiveram presentes o diretor comercial do IDE, Luiz Ernesto Migliora, e o diretor da Decision ? conveniada da FGV em Porto Alegre e Novo Hamburgo ?, Edison Ferronatto.  ?Esse prêmio reflete o trabalho que vem sendo feito pelas conveniadas da FGV no estado do Rio Grande do Sul ? além da Decision, a CEEM em Caxias do Sul, Pelotas, Santa Cruz do Sul e Santa Maria, e a MEB em Erechim, Passo Fundo, Santa Rosa e Santo Angelo ? e demonstra a forte penetração da Fundação no Rio Grande do Sul. O Top of Mind é um evento de marketing tradicional da região, no qual empresas de destaque pelos seus negócios no RS são agraciadas. Existe toda uma metodologia de pesquisa para que os entrevistados deem instintivamente e imediatamente a sua opinião, comunicando a primeira marca que lhes vem à cabeça?, detalhou o diretor comercial do IDE.  O Top of Mind da Editora Segmento é considerado uma referência para os profissionais de marketing do Rio Grande do Sul, graças à abrangência das pesquisas realizadas com o público gaúcho. As entrevistas, feitas com 1,2 mil pessoas com idades entre 16 e 65 anos, abrangem moradores de sete mesorregiões do estado, de ambos os sexos e todas as classes sociais.  Para a categoria ?Top Executivo?, a editora entrevista presidentes e CEOs das principais empresas do Rio Grande do Sul, segundo dados da publicação Grandes & Líderes do Rio Grande, da revista Amanhã. A FGV foi lembrada por 56% dos consultados; a instituição que conquistou o segundo lugar recebeu menos de 6% dos votos. No ranking de grandes empresas, os destaques ficaram por conta da Gerdau, RBS, Tramontina, GM, Banrisul, Petrobras e Marcopolo.