MEC deve estimular inovação, afirma Joaquim Falcão

Institucional
04 Janeiro 2012

O equilíbrio entre regulamentar e estimular o inesperado é indispensável para vencer a guerra da educação. Em artigo publicado no Correio Braziliense, o professor e diretor da Direito Rio, Joaquim Falcão, escreve uma carta ao novo ministro da pasta e defende que o risco é necessário para progresso da pesquisa no país. Para ler o artigo, clique aqui.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.