Mesa do Workshop do NEF-DIREITO GV defende a cidadania tributária como trampolim para uma verdadeira reforma

Institucional
07 Julho 2011

A reforma tributária brasileira é um consenso entre os especialistas, embora a forma como será feita ainda está longe de uma opinião unificada. Esse foi um dos principais temas abordados no I Workshop de Pesquisa do Núcleo de Estudos Fiscais da DIREITO GV (NEF-DIREITO GV), realizado nos dias 27 e 28 de junho e que reuniu cerca de 100 participantes para debater temas de interesse tributário.  A mesa sobre reforma tributária congregou nomes de peso. Com moderação de Isaías Coelho, consultor associado ao NEF e ex-diretor para reformas tributárias do FMI (Fundo Monetário Internacional), o debate enfatizou que, mais importante do que a forma, é imperativo que se invista em comunicação sobre a reforma tributária.  ?Somente desta forma, pode-se fomentar uma cidadania tributária. É o contribuinte que precisa ter consciência de quanto paga de tributos, para que ele participe de uma reforma que seja realmente justa?, opinou o professor Fernando Rezende, um dos mais entusiastas participantes desta mesa.  Além da reforma tributária, o NEF também debateu papers a respeito de regras internacionais de tributação, de um histórico sobre a receita federal e outros temas que foram objeto de estudo da equipe durante o período.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.