Ministro de Minas e Energia faz abertura de Seminário sobre Matriz e Segurança Energética na FGV

O seminário vai abordar a retomada do setor petrolífero brasileiro e as mudanças regulatórias necessárias. Também serão discutidos o ambiente de gás natural no Brasil e o aprimoramento regulatório do setor elétrico, o licenciamento ambiental no Brasil e o que precisa avançar nesse sentido; as perspectivas e participação na matriz energética e a integração energética da América.
Energia
16 Outubro 2017
Ministro de Minas e Energia faz abertura de Seminário sobre Matriz e Segurança Energética na FGV

A FGV Energia e a Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham) promovem nos dias 30 e 31 de outubro, das 8h às 18h, no Centro Cultural FGV (Praia de Botafogo, 186. Rio de Janeiro), o VII Seminário sobre Matriz e Segurança Energética Brasileira e o 13º Brazil Energy and Power. O evento vai contar com a presença dos principais nomes do setor, entre os quais o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho; do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Eduardo Barata; e do diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone.

Entre os temas que serão abordados no seminário estão a retomada do setor petrolífero brasileiro e as mudanças regulatórias necessárias. Também serão discutidos o ambiente de gás natural no Brasil e o aprimoramento regulatório do setor elétrico. A novidade desta edição é que o seminário foi ampliado para que outros assuntos pudessem ser incluídos na programação. Entre os temas novos que serão debatidos estão licenciamento ambiental no Brasil e o que precisa avançar nesse sentido; as perspectivas e participação na matriz energética e a integração energética da América.

O evento contará com a presença do presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal; do vice-presidente da FGV, Sergio Quintella; do presidente da AmCham, Pedro Paulo Almeida; do presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Nelson Leite; do presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Jorge Camargo, entre outros especialistas.

O seminário vai abranger ainda a expansão em investimentos internacionais; pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I) e conteúdo local como ferramenta de política industrial; o aprimoramento do mecanismo de precificação e contratação de energia, além do posicionamento do Brasil em relação à América Latina. 

Para mais informações e inscrições, acesse o site.