Ministro Nelson Barbosa participa de evento na FGV

A conferência teve como objetivo debater o papel do sistema financeiro brasileiro em assegurar a estabilidade para o crescimento sustentável da economia. A abertura foi realizada pelos professores Nelson Marconi, da FGV/EESP, e Leonardo Burlamaqui, pesquisador do MINDS e professor da UERJ.
Institucional
31 Julho 2015

Professor da Escola de Economia de São Paulo (FGV/EESP) e pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE), o ministro do Planejamento Nelson Barbosa foi o principal conferencista no evento ?MINDS/Ford Foundation Conference on Banking, Financial Instability, and Financial Governance in Brazil?, realizado na última sexta-feira, dia 24 de julho, na FGV/EESP. O encontro foi promovido pela Multidisciplinary Institute for Development and Strategies (Minds)/ Ford Foundation ? organização sem fins lucrativos com a missão de incentivar o debate de estratégias de desenvolvimento ? e pelo Centro de Estudos do Novo Desenvolvimentismo (CND) da FGV/ EESP.A conferência teve como objetivo debater o papel do sistema financeiro brasileiro em assegurar a estabilidade para o crescimento sustentável da economia. A abertura foi realizada pelos professores Nelson Marconi, da FGV/EESP, e Leonardo Burlamaqui, pesquisador do MINDS e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).Para falar da instabilidade atual do sistema bancário e financeiro nos mercados emergentes, foram convidados Jan Kregel, pesquisador sênior do Levy Institute e professor da Tallinn University of Technology; e Daniela Prates, professora do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A moderação da mesa foi realizada por Ernani Teixeira, professor de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).Para o tema macrofinanças e a regulação no setor financeiro, foram convidados Maryse Fahri, professora de Economia do Instituto de Economia da Unicamp; Camila Duran, professora da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco; e Rogério Studart, da Brookings Institution; moderada pela professora da Daniela Prates.O terceiro painel abordou o papel das instituições públicas e privadas no Brasil no financiamento de ativos de longo prazo, e contatou com a participação de Pablo Santos, Secretário de Política Economia do Ministério da Fazenda; e Marcelo Carvalho, economista do Banco BNP Paribas. A moderação ficou por conta de Felipe Rezende, pesquisador do MINDS e professor da Hobart and Willian Smith Colleges.Na sequência, houve um debate sobre as alternativas de financiamento de ativos de longo prazo no Brasil, com comentários de Felipe Rezende, Ernani Teixeira e Jan Kregel, que apontaram alguns problemas e sugestões para uma reestruturação do sistema financeiro. O moderador foi o professor Leonardo Burlamaqui.A conferência foi encerrada com uma mesa redonda debatendo  o tema ?What does Brazil need to do in order to reume growth??.