Monitor do PIB aponta crescimento de 0,1% da economia em abril

“A economia retomou sua trajetória com crescimento acentuado de 2,9%, em comparação a abril de 2017, que se espalhou por quase toda a atividade econômica. Este resultado, entretanto, foi fortemente influenciado pelos três dias úteis a mais em 2018. O resultado na margem, aponta crescimento de 0,1% da atividade econômica revelando certa estagnação”, afirma Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.
Economia
21 Junho 2018
Monitor do PIB aponta crescimento de 0,1% da economia em abril

O Monitor do PIB-FGV, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE), aponta crescimento de 0,1% da atividade econômica no mês de abril, em comparação ao mês de março e retração de 0,4% no trimestre encerrado em abril, em comparação ao trimestre findo em janeiro. Ambas as taxas foram calculadas na série livre de efeitos sazonais. Na comparação interanual, a atividade econômica cresceu 2,9% no mês de abril e 1,3% no último trimestre móvel.

“No mês de abril a economia retomou sua trajetória com crescimento acentuado de 2,9%, em comparação a abril de 2017, que se espalhou por quase toda a atividade econômica. Este resultado, entretanto, foi fortemente influenciado pelos três dias úteis a mais no mês de abril do corrente ano, em comparação a abril de 2017. O resultado na margem, a despeito de descontar os dias úteis a mais, aponta crescimento de 0,1% da atividade econômica revelando certa estagnação”, afirma Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.

Na comparação trimestral interanual, à exceção da agropecuária, que apresentou variação negativa no trimestre móvel encerrado em abril (-3,6%), indústria (2,7%) e serviços (1,8%) apresentaram as maiores taxas do ano. Pela ótica da demanda, todos os componentes apresentaram desempenho positivo com destaque para o consumo das famílias (3,0%) e a formação bruta de capital fixo (5,7%)

O estudo completo está disponível no site.