Pesquisador do Real Instituto Elcano de Madrid debate a situação da Venezuela na FGV

O pesquisador Carlos Malamud abordou as questões mais desafiadoras enfrentadas pela comunidade venezuelana e destacou a incerteza do regime de Nicolás Maduro e as influências do cenário internacional.
Relações Internacionais
26 Abril 2019
Pesquisador do Real Instituto Elcano de Madrid debate a situação da Venezuela na FGV

O Núcleo de Prospecção e Inteligência Internacional (FGV NPII), com o apoio do Consulado Geral da Espanha no Rio de Janeiro, realizou, no dia 3 de abril, na Sede FGV, uma palestra-debate com o pesquisador sênior do Real Instituto Elcano de Madri, Carlos Malamud, sobre “Perspectivas para a Venezuela em um contexto de diálogo e integração Sul-americanos”.

O evento foi aberto ao público e contou com a presença do Embaixador do Reino da Espanha no Brasil, Fernando Garcia Casas. O Diretor do FGV NPII, Professor Renato Flôres, ao introduzir o debate destacou a atual situação da Venezuela no contexto sul-americano. O pesquisador Carlos Malamud abordou as questões mais desafiadoras enfrentadas pela comunidade venezuelana e destacou a incerteza do regime de Nicolás Maduro e as influências do cenário internacional.

O convidado internacional mencionou ainda alguns cenários para o equacionamento da crise venezuelana; descartou a ideia de uma intervenção militar norte-americana bem como a possibilidade de uma guerra-civil iminente, e destacou a inquietante presença de atores armados externos.

O Pesquisador teme uma crise regional com fortes consequências para a América do Sul, principalmente no âmbito econômico. O Professor Renato Flôres finalizou o debate mencionando a preocupação com um resultado final com violência interna e ressaltou a importância em se pensar desde já em cenários pós-crise para a Venezuela.