Pesquisadora apresenta estudo sobre mapas 3D na FGV

Estudo apresenta mapas físicos com cenas em 3D digitais
Institucional
23 Setembro 2019
Pesquisadora apresenta estudo sobre mapas 3D na FGV

Mapas físicos com cenas em 3D Digitais e entregues por meio da tecnologia da Web imersiva. É assim que os estudantes entrarão em contato com mapas? De que forma estudantes e pesquisadores entrarão em contato com as informações no futuro? Quem responderá essas perguntas será a professora Karina Echavarria, da University of Brighton. Ela participará de um debate na segunda-feira, dia 23 de setembro, na Sede FGV (Praia de Botafogo, 190, auditório 317. Botafogo, Rio de Janeiro/RJ). O evento será realizado em inglês.

No encontro, promovido pela Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC) e pela Escola de Matemática Aplicada (FGV EMap), Karina Echavarria apresentará sua pesquisa que aborda o modo como comunidades locais podem se conectar significativamente ao patrimônio cultural local por meio de experiências criativas e digitais. O estudo da docente da University of Brighton contempla, ainda, o uso de abordagens baseadas em narrativas, dado o potencial das histórias para iluminar diferentes pontos de vista e interpretações do patrimônio cultural.

Ao lado das professoras Asla Medeiros e Sá, da FGV EMAp, Vivian Fonseca, do FGV CPDOC, Karina Echavarria mostrará um projeto elaborado nas cidades de Brighton e Hove, no Reino Unido. Nesse trabalho, a pesquisadora propôs o conceito de mapas de realidade aumentada (AR) − mapas físicos com cenas 3D digitais e entregues por meio da tecnologia da Web imersiva − testado com 32 crianças nas escolas primárias locais.

Para mais informações e inscrições, acesse o site.