Preços no Dia dos Namorados estão acima da inflação, aponta IBRE

Levantamento realizado pelo economista do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) André Braz revela que a média dos produtos e serviços mais procurados pelos namorados ficou 7,13% mais cara entre junho de 2013 e maio de 2014, superando a inflação média acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC/FGV). 
Institucional
12 Junho 2014

Mesmo com a realização da Copa do Mundo, muitos apaixonados devem comemorar o Dia dos Namorados. Mas os casais que não pretendem deixar a data passar em branco gastarão mais na compra do presente e na celebração deste ano. Levantamento realizado pelo economista do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) André Braz revela que a média dos produtos e serviços mais procurados pelos namorados ficou 7,13% mais cara entre junho de 2013 e maio de 2014, superando a inflação média acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC/FGV) ?  que foi de 6,57%.O itens que subiram mais de preço foram show musical (15,63%), teatro (11,89%), bijuterias (10,26%), hotel/motel (10,11%), refeições em bares, restaurantes (9,22%) e cinema (8,95%). Os preços das roupas femininas, masculinas, dos calçados masculinos e femininos  também não ficaram muito atrás, apresentando altas de respectivamente 5,11%, 5,00%, 2,44% e 1,36%.Aparelhos eletrônicos foram os únicos a ficarem mais baratos. São eles videogame (-5,15%), celular (-2,71%) e TV (-1,50%).  Já quem pretende presentear o par com um computador terá que desembolsar 4,83% a mais que no ano passado.