Professor da FGV é eleito para a diretoria institucional do OEC

Além dos elevados números ? mais de 30 milhões de acessos e 4 milhões de certificados emitidos ?, também fomos a primeira instituição de ensino a reconhecer com certificado um curso gratuito. Por esse motivo, é muito gratificante ser eleito para o Board do OEC e participar de forma cada vez mais ativa?, afirmou o professor.
Institucional
13 Abril 2015

Vice-diretor do Instituto de Desenvolvimento Educacional (FGV/IDE), o professor Stavros Xanthopoylos foi escolhido pelo Open Education Consortium (OEC, antigo OCW) como membro da diretoria institucional do consórcio, sendo o primeiro representante da América Latina a ser eleito no Board e ter participado do Conselho.Responsável pela gestão do consórcio, a diretoria institucional é composta, em sua maioria, por representantes da Ásia, EUA e Europa. Para o professor Stavros, esta é uma grande conquista. ?Somos a única instituição com cursos em português e sempre fomos um membro extremamente atuante no consórcio. Além dos elevados números ? mais de 30 milhões de acessos e 4 milhões de certificados emitidos ?, também fomos a primeira instituição de ensino a reconhecer com certificado um curso gratuito. Por esse motivo, é muito gratificante ser eleito para o Board do OEC e participar de forma cada vez mais ativa?, afirmou. ?Espero poder ampliar a participação da América Latina e do Brasil no consórcio, além de mantê-lo ativo, já que este é o maior consórcio de Recursos Educacionais Abertos do mundo?, completou o vice-diretor.A lista completa da nova diretoria pode ser acessada no site do OEC.