Professor da FGV, Joaquim Falcão é eleito para Academia Brasileira de Letras 
Institucional
24 Abril 2018

Professor da FGV, Joaquim Falcão é eleito para Academia Brasileira de Letras 

O jurista possui experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, atuando principalmente nos seguintes temas: poder judiciário, internet, reformas, separação dos poderes e globalização. Foi fundador da FGV Direito Rio, diretor da escola de 2002 a 2017 e atualmente é professor da graduação e do Mestrado em Direito da Regulação.

Joaquim Falcão, professor da Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio), foi eleito, na última quinta-feira, dia 19 de abril, novo membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). O professor obteve 32 dos 35 votos totais, sendo 3 em branco; 4 membros não puderam votar por motivos de saúde. 

Nascido no Rio de Janeiro, Joaquim Falcão é doutor em Educação pela University of Génève, LLM pela Harvard Law School e graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Ele foi conselheiro do Conselho Nacional de Justiça e dirigiu a Fundação Roberto Marinho, onde criou o Telecurso 2000, o Globo Ecologia e o Canal Futura.

O jurista possui experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, atuando principalmente nos seguintes temas: poder judiciário, internet, reformas, separação dos poderes e globalização. Foi fundador da FGV Direito Rio, diretor da escola de 2002 a 2017 e atualmente é professor da graduação e do Mestrado em Direito da Regulação.

Falcão irá ocupar a vaga que era do escritor Carlos Heitor Cony na ABL. A data de sua posse ainda não foi marcada.