Professora conquista prêmio internacional
Direito
17 Abril 2018

Professora conquista prêmio internacional

O prêmio reconhece o trabalho de Eloísa Machado de Almeida em sua carreira como advogada de Direitos Humanos e sua contribuição para a promoção dos direitos das mulheres no Brasil.

Eloísa Machado de Almeida, professora da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP), ganhou, na última sexta-feira, dia 13 de abril, o prêmio Outstanding International Woman Laywer Award, dado pela International Bar Association, organização que reúne advogados, firmas de advocacia e associações de advogados de todo o mundo. O prêmio reconhece o trabalho de Eloísa em sua carreira como advogada de Direitos Humanos e sua contribuição para a promoção dos direitos das mulheres no Brasil.

A premiada é professora de Direito Constitucional e de Direitos Humanos, além de coordenadora do centro de pesquisa Supremo em Pauta, na FGV Direito SP. Como advogada, a professora representou os interesses de mulheres que perderam seus filhos para a violência, especificamente aqueles mortos em confrontos com a polícia ou em presídios. Atuou também nos mais relevantes casos constitucionais perante o Supremo Tribunal Federal, como cotas para negros em universidades, união entre pessoas do mesmo sexo, defesa do meio ambiente e condições carcerárias.

Mais recentemente, Eloísa tem se dedicado a advocacia pro bono em Direitos Humanos, através do Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos, que ajudou a criar. Foi nessa iniciativa que o primeiro habeas corpus coletivo foi reconhecido pelo Supremo, determinando a soltura de mais de 4 mil mulheres grávidas ou mães que aguardavam por julgamento presas, bem como de 2 mil crianças que aguardavam, no cárcere, com suas mães.

A premiação foi uma das atividades da 8th World Women Lawyers Conference, realizada em Londres.