Professora conquista prêmio internacional

O prêmio reconhece o trabalho de Eloísa Machado de Almeida em sua carreira como advogada de Direitos Humanos e sua contribuição para a promoção dos direitos das mulheres no Brasil.
Direito
17 Abril 2018
Professora conquista prêmio internacional

Eloísa Machado de Almeida, professora da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP), ganhou, na última sexta-feira, dia 13 de abril, o prêmio Outstanding International Woman Laywer Award, dado pela International Bar Association, organização que reúne advogados, firmas de advocacia e associações de advogados de todo o mundo. O prêmio reconhece o trabalho de Eloísa em sua carreira como advogada de Direitos Humanos e sua contribuição para a promoção dos direitos das mulheres no Brasil.

A premiada é professora de Direito Constitucional e de Direitos Humanos, além de coordenadora do centro de pesquisa Supremo em Pauta, na FGV Direito SP. Como advogada, a professora representou os interesses de mulheres que perderam seus filhos para a violência, especificamente aqueles mortos em confrontos com a polícia ou em presídios. Atuou também nos mais relevantes casos constitucionais perante o Supremo Tribunal Federal, como cotas para negros em universidades, união entre pessoas do mesmo sexo, defesa do meio ambiente e condições carcerárias.

Mais recentemente, Eloísa tem se dedicado a advocacia pro bono em Direitos Humanos, através do Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos, que ajudou a criar. Foi nessa iniciativa que o primeiro habeas corpus coletivo foi reconhecido pelo Supremo, determinando a soltura de mais de 4 mil mulheres grávidas ou mães que aguardavam por julgamento presas, bem como de 2 mil crianças que aguardavam, no cárcere, com suas mães.

A premiação foi uma das atividades da 8th World Women Lawyers Conference, realizada em Londres.