Programa capacita advogados para atuação no ambiente corporativo

Curso tem como objetivo capacitar advogados do escritório Mattos Filho em temas como gestão, aprimorando a visão de negócio e a capacidade de liderança em nível tático e estratégico
Direito
16 Setembro 2019
Programa capacita advogados para atuação no ambiente corporativo

A atuação dos advogados no ambiente corporativo demanda uma formação cada vez mais interconectada com temas de gestão e de negócios. Pensando nessa premissa fundamental, o FGV In Company passa a oferecer o Master, programa personalizado para o escritório Mattos Filho, uma das maiores e mais respeitadas bancas de advocacia do país.

O Master tem como objetivo capacitar advogados sêniores do escritório em temas como gestão, aprimorando a visão de negócio e a capacidade de liderança em nível tático e estratégico. O programa, que teve início no fim de agosto, terá duração de 18 meses. As aulas serão ministradas na Academia Mattos Filho e na FGV.

Entre os temas que serão oferecidos ao ensino técnico constam pessoas e organizações, que engloba gestão de pessoas, comunicação para gestores, negociação, relações interpessoais e dinâmicas integradoras; finanças, que passa por contabilidade, economia aplicada e finanças empresariais; e estratégia e negócios, que enfoca estratégia empresarial, gestão de projetos, estratégia mercadológica e impacto da tecnologia nos negócios.

“A iniciativa do Mattos Filho é muito importante, porque coloca em prática a necessidade de integrar habilidades e competências próprias do ambiente de gestão à já reconhecida excelência na atuação técnica. Esse passo reforça o diferencial competitivo do escritório”, explica João Lins, diretor executivo do FGV In Company.

A condução do programa ficará por conta de Renata Maiorino, diretora de Desenvolvimento humano; Raissa Chequer, gerente de Desenvolvimento humano; Patricia Soares, coordenadora de Educação corporativa; e Mariana Vechies, analista de Educação corporativa, todas profissionais do Mattos Filho. Pela FGV, a coordenação ficou por conta dos professores Artur Motta e Henrique Campos.