Programa em Direito e Meio Ambiente da DIREITO RIO é escolhido para participar de reunião do Open Government Partnership em Brasília

Institucional
01 Março 2012

O Programa em Direito e Meio Ambiente (PDMA) da DIREITO RIO é uma das 35 instituições do mundo convidadas para participar da reunião anual do Open Government Partnership (OGP), que acontece nos dias 17 e 18 de abril em Brasília, além de ter sido selecionado ? em parceria com a rede TAI (The Access Initiative) e a ONG Participa do Chile ? para realizar um side event durante a reunião no dia 18 de abril, das 10h30 às 12h30, com o tema ?Open Government and Sustainable Development in the Context of Rio+20?. O evento contará com uma palestra da professora e pesquisadora do PDMA Carina Costa de Oliveira. O Open Government Partnership (http://www.opengovpartnership.org/) é uma iniciativa multilateral criada em 2011 com o objetivo de concretizar os compromissos de governos para promover transparência, fortalecer a sociedade civil, combater a corrupção e desenvolver novas tecnologias para a boa governança. O Brasil e os Estados Unidos são membros fundadores e fazem parte do comitê diretor da organização, que comporta 52 países e 9 representantes da sociedade civil de todo o mundo.  Na reunião de abril, os 40 novos países-membros do OGP apresentarão seus compromissos e planos de ação, endossando também a Declaração de Princípios do Open Government Partnership, abrindo espaço para debate. Trata-se de um evento estratégico para fomentar a discussão do tema tanto no âmbito do OGP, quanto nas negociações para a Rio + 20. O PDMA da DIREITO RIO atua nas áreas de transparência, accountability e de participação da sociedade civil no Brasil e na América do Sul nos tópicos de acesso à informação e governança ambientais através do The Access Initiative, do Open Climate Network e da organização dos side events que ocorrerão durante a Conferência Rio +20.  O Programa em Direito e Meio Ambiente (PDMA) da FGV DIREITO RIO também é o único observador da América Latina no Programa de Investimentos em Florestas (Forest Investment Program, FIP) do Banco Mundial.  

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.