Seminário debate investimento em saneamento básico

Os palestrantes vão discutir formas de financiamento, regulação e elaboração de projetos.
Economia
19 Julho 2018
Seminário debate investimento em saneamento básico

Com o objetivo de debater o investimento no saneamento básico em São Paulo, a revista Conjuntura Econômica, do Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE), reúne em São Paulo, no dia 23 de julho, das 9h às 17h, especialistas e representantes do setor público no “V Seminário Saneamento – Investimento social de alto Impacto”. Os palestrantes vão discutir formas de financiamento, regulação e elaboração de projetos.

De acordo com o superintendente de Publicações do FGV IBRE, Claudio Conceição, o seminário tem como objetivo trazer propostas que auxiliem na formulação de políticas públicas para o setor. “Dentre os grandes desafios do país, e são muitos, o de saneamento desponta como um dos principais. A deficiente oferta de saneamento básico à população, além das questões de bem-estar social, embute outro problema: o do custo que isso gera em função de doenças ocasionadas pela falta de água e esgoto tratado, elevando os gastos do governo no sistema de saúde pública. Às vésperas de uma eleição presidencial, reunir as principais lideranças do setor será uma contribuição importante para esse debate”, explicou Conceição.

O evento contará com a palestra de abertura do secretário Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades, Adailton Ferreira Trindade. Laura Bedeschi, chefe de Departamento de Saneamento Ambiental do BNDES, e Antonio Gil Padilha B. Silveira, representante da Diretoria Executiva de Saneamento e Infraestrutura (DESAN), da Caixa Econômica, apresentam as ações de suas áreas no Painel I, que terá financiamento como pauta.

O Painel II abordará os aspectos regulatórios e contará com a participação de Gesner Oliveira, professor e coordenador do Grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV, Rogério Tavares, membro da Abdib e vice-presidente de Relações Institucionais da AEGEA, além de Joisa Dutra, diretora do Centro de Estudo em Regulação e Infraestrutura (FGV CERI).

Durante a tarde, especialistas discutem a estrutura e a concepção de projetos de saneamento básico. Estão confirmados para a última mesa Rafael Rossi, diretor de Novos Negócios da BRK Ambiental; Hamilton Amadeo, presidente da AEGEA; Edson Carlos, presidente do Instituto Trata Brasil; Carlos Henrique da Cruz Lima, conselheiro da Águas do Brasil; e Solange Monteiro, editora da revista Conjuntura Econômica. O evento acontece no Auditório FGV 9 de julho (Rua Itapeva, 432, térreo - Bela Vista, São Paulo). 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo portal IBRE.