Seminário Internacional debate Direito do Trabalho

Eloísa Machado de Almeida, professora da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP) e coordenadora do projeto Supremo em Pauta, fala na mesa "Constituições democráticas como resistência".
Direito
22 Novembro 2018
Seminário Internacional debate Direito do Trabalho

Passado um ano das mudanças promovidas na CLT, o Instituto do Lavoro organiza o III “Seminário Internacional Democracia, Direito e Trabalho: Implosão sem Dinamite” nos dias 22 e 23 de novembro, no Hotel Tryp Paulista (Rua Haddock Lobo, 294. Cerqueira, César, São Paulo/SP).

Eloísa Machado de Almeida, professora da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP) e coordenadora do projeto Supremo em Pauta, fala na mesa "Constituições democráticas como resistência", ao lado de Joaquín Pérez Rey, professor de Direito do Trabalho e Seguridade Social da Universidade de Castilla-La Mancha, e Pedro Serrano, professor de Direito Constitucional da PUC-SP

O seminário também irá debater a relação entre Democracia e Trabalho, com Silvana de Souza Ramos, da USP, Kátia Magalhães Arruda, ministra do TST e Ronaldo Curado Fleury, procurador-geral do Ministério Público do Trabalho.

Outra mesa, com a participação de Hugo Barreto Ghione, catedrático de Direito do Trabalho e Seguridade Social e professor da Universidad de la República, do Uruguai; Esther Solano, professor da Universidade Federal de São Paulo e Márcio Pochmann, professor da Unicamp.

Por fim, haverá uma mesa específica para debater Transnacionais e negociação coletiva, com Adoración Guamán, professora de direito de trabalho da Espanha, e Roberto Fragale, professor da Universidade Federal Fluminense.

Para mais informações e inscrições, acesse o site.