Seminário online debateu estratégias para aumentar o alcance de periódicos jurídicos

O evento reuniu editores dos 40 mais bem estratificados periódicos científicos de direito brasileiros, que debateram estratégias para se alcançar posições de destaque entre outros periódicos
Direito
16 Novembro 2020
Seminário online debateu estratégias para aumentar o alcance de periódicos jurídicos

Entre 27 e 28 de outubro, a Escola de Direito do Rio de Janeiro (Direito Rio) realizou o III Seminário de Periódicos Jurídicos Brasileiros em parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-RS) e a vLex, plataforma de conteúdo jurídico. O evento reuniu editores dos 40 mais bem estratificados periódicos científicos de direito brasileiros, que debateram estratégias para se alcançar posições de destaque entre outros periódicos. O seminário itinerante é uma iniciativa de Sérgio Guerra, diretor da Direito Rio.

Na abertura, Sérgio Guerra que, ao lado do professor Joaquim Falcão, que também é editor da Revista de Direito Administrativo (RDA), agradeceu à professora Angela Espíndola, da UFSM, por “sediar” o encontro, que, devido à pandemia do COVID-19, não pôde ser presencial em Santa Maria. Guerra também lembrou fatos que ocorreram no I Seminário, realizado em dezembro de 2018 na sede da FGV, no Rio de Janeiro.

O evento tem sido realizado anualmente e foi idealizado pela Direito Rio para ser itinerante entre os estados do país. Dessa forma, o professor Sérgio Guerra deixou um convite aos editores para participarem do IV Seminário, assim como para que um deles se ofereça a sediar o evento em 2021.

Na sequência, houve a palestra de Robin Chesterman, Global Head of Product da vLex, que tratou sobre Learning Machine; Inteligencia Artificial e sobre o futuro da tecnologia e do conhecimento. Fechando o dia, Leonardo Oliveira, também da vLex, apresentou o conteúdo armazenado e divulgado pela plataforma.

No dia 28, a primeira mesa, “Desafios da Editoração de Periódicos Jurídicos”, reuniu Otávio Luiz Rodrigues, professor da USP, e Flaviane Bolzan, professora da PUC-Minas e UFOP, que versaram sobre a chegada ao final de mais um ciclo avaliativo da Capes, lembrando que este na ainda não houve uma decisão final sobre as novas diretrizes em relação aos critérios de avaliação das revistas científicas da área.

A segunda mesa, mediada por Rafael Oliveira, professor da UFSM, tratou sobre “Produtivismo Acadêmico e o Impacto na Editoração”. Para finalizar, os editores debateram vários tópicos, como boas práticas, o financiamento de periódicos, segurança e métricas do Google Acadêmico, traçando um amplo painel da dinâmica operacional dos periódicos científicos de Direito.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.