Tese de doutorado de professora da FGV RI é premiada pela American Political Science Association

Carolina defendeu sua tese em novembro de 2019, na Universidade do Texas em Austin (EUA). Orientada pela professora Rachel Wellhausen, seu trabalho demonstra que o apoio corporativo a iniciativas regulatórias facilita e acelera a difusão global de regulações.
Relações Internacionais
26 Maio 2020
Tese de doutorado de professora da FGV RI é premiada pela American Political Science Association

A professora da Escola de Relações Internacionais (FGV RI), Carolina Moehlecke, recebeu o prêmio de melhor tese de doutorado defendida em 2019 na categoria de colaboração internacional da American Political Science Association (APSA). A tese desenvolve e explora o argumento de que empresas altamente inovadoras e pertencentes a indústrias de alta complexidade têm maior probabilidade de apoiar iniciativas regulatórias propostas por governos, tanto no âmbito doméstico, quanto internacional, visto que estas empresas têm interesse em assegurar ambientes regulatórios que permitam a exploração de sua vantagem competitiva sobre seus rivais

Carolina defendeu sua tese em novembro de 2019, na Universidade do Texas em Austin (EUA). Orientada pela professora Rachel Wellhausen, seu trabalho demonstra que o apoio corporativo a iniciativas regulatórias facilita e acelera a difusão global de regulações. A autora avalia a hipótese utilizando uma estratégia empírica mista, que combina modelos estatísticos e a análise de dados qualitativos sobre a adoção de políticas regulatórias nas áreas de saúde e meio ambiente.

O projeto de Carolina, agora, é transformar a tese premiada em um livro, que em breve estará disponível.