Trote Solidário conscientiza novos alunos sobre preservação do acervo da biblioteca

Institucional
01 Março 2012

A Biblioteca Mario Henrique Simonsen (BMHS) realiza hoje, em parceria com o Diretório Acadêmico de Ciências Sociais e História, o Trote Solidário. Esta é a segunda edição do trote, que consiste em fornecer borrachas para que os calouros apaguem os livros rabiscados do acervo da biblioteca. ?Não adianta apenas pintarmos os alunos e não deixarmos nenhum legado para os funcionários, professores e alunos da FGV?, afirma Luã Ferreira Leal, aluno do 7º período de Ciências Sociais e presidente do DA do curso.  A bibliotecária-chefe da BMHS, Evelyse Mendes, explica que o problema dos livros marcados não é tão simples quanto parece. ?Quando o livro é danificado, a biblioteca dá baixa e compra outro. Ou seja, isso significa custo. E o problema torna-se ainda maior quando o exemplar está esgotado?, revela. A iniciativa faz parte de uma campanha mais ampla de conscientização da biblioteca sobre a importância de preservação do acervo. ?Já fazemos a campanha de preservação há um certo tempo e esse trote é mais um ato de conscientização sobre o cuidado com o patrimônio da Fundação?, continua Evelyse.  A BMHS também fará uma visita com os novos alunos de Ciências Sociais e História na próxima quinta-feira, dia 8 de março. De acordo com pesquisa de opinião realizada no ano passado, a visitada orientada é um dos serviços da biblioteca menos conhecidos pelos usuários. O Trote Solidário acontece hoje, às 14h, na esplanada da sede.  

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.