Webinar discute se ligas europeias podem ser referência para adoção do modelo no futebol brasileiro

O encontro irá debater e avaliar se as Ligas da Europa podem servir de modelo para o Brasil, considerando que o potencial de crescimento da receita do futebol brasileiro, com a liga profissional, pode chegar a 330%.
Administração
09 Julho 2021
Webinar discute se ligas europeias podem ser referência para adoção do modelo no futebol brasileiro

A FGV Educação Executiva retoma, dia 14 de julho de 2021, às 10h, promove a série de webinars gratuitos voltados para gestão de esportes, FGV Series: Leadership in Sport - Ligas da Europa podem ser referência para o Brasil?. O objetivo é disseminar conteúdo de qualidade para profissionais do mercado esportivo. Será um encontro por mês, sempre com especialistas de gestão esportiva. A iniciativa faz parte do curso FGV/FIFA/CIES – Aperfeiçoamento em Gestão de Esportes. Os eventos serão transmitidos ao vivo, no canal YouTube da FGV.

No terceiro webinar será apresentado o tema “Ligas da Europa podem ser referência para o Brasil?”. O encontro irá debater e avaliar se as Ligas da Europa podem servir de modelo para o Brasil, considerando que o potencial de crescimento da receita do futebol brasileiro, com a liga profissional, pode chegar a 330%.

O webinar será apresentado pelo secretário-geral adjunto da Associação das Ligas Europeias, o italiano Alberto Colombo, com a participação do head de Media & Sports da KPMG, Francisco Clemente, e da presidente da Dream Factory, Duda Magalhães. A moderação do bate-papo ficará a cargo do coordenador acadêmico do curso FGV/FIFA/CIES – Aperfeiçoamento em Gestão de Esportes, Pedro Trengrouse.

Para realizar sua inscrição acesse o link.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.