Webinar promove debate sobre os gargalos logísticos do Centro-Oeste

Em virtude da existência de poucas ferrovias e hidrovias, maior parte do escoamento agrícola da região ainda depende da malha rodoviária
Políticas Públicas
05 Abril 2021
Webinar promove debate sobre os gargalos logísticos do Centro-Oeste

Considerada uma “região-chave” para o escoamento de produtos agrícolas no Brasil, devido a sua localização geográfica, o Centro-Oeste ainda enfrenta grandes desafios em sua infraestrutura de transportes. Para discutir o tema, o FGV Transportes promove o webinar “Panorama ferroviário do Centro-Oeste: problemas e soluções”, no dia 6 de abril, das 18h às 19h30. A transmissão será ao vivo pelo canal da Fundação no Youtube.

Segundo dados da Embrapa, em cinco anos, o Brasil será o maior exportador de grãos do mundo. O Centro-Oeste é responsável por 46% do cultivo nacional, sendo o estado do Mato Grosso o maior produtor de soja do país. Entretanto, o sistema de transportes na região ainda é bastante desequilibrado entre seus modais, com 90% de seu escoamento agrícola dependente da malha rodoviária. Apesar das ferrovias e hidrovias carregarem parte da produção, a falta de investimentos eleva os custos logísticos, tornando o país pouco competitivo frente ao mercado internacional.  

O encontro contará com a presença do Secretário Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, Marcello da Costa Vieira; do sócio-fundador da Inter.B Consultoria e Diretor do International Growth Center (LSE), Cláudio Frischtak; e do consultor e ex-Secretário Executivo do Ministério dos Transportes, Frederico Bussinger. A mediação será feita pelo diretor do FGV Transportes, Marcus Quintella.

Para mais informações e inscrições acesse o site.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.