Correspondentes Bancários

  • Correspondentes Bancários
    Resumo

    To align a technology’s features with their needs, users typically make various appropriations of  the  new  technology  until  they  collectively  settle  on  a pattern  of  use,  resulting  in  a  stabilized  system  over  time (Leonardi 2013; Majchrzak et al. 2000; Tyre and Orlikowski 1994).  But whereas most  studies of system implementation, including those using AST, have examined implementation as a complex process, they have tended to focus on systems that are  relatively  simple  (Rice  and  Leonardi  2013).    A  simple system has well-defined user groups (i.e., users who work in a single organization or across several organizations that are closely aligned) and an environment in which introduction of the IT artifact is the primary change.

Cadastre-se para receber novidades do Think Tank FGV

Autor

  • Eduardo Diniz

    Formado em Engenharia Elétrica, com ênfase em eletrônica, na Escola de Engenharia de São Carlos USP, Mestre e Doutor em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP). Visiting Scholar na University of California, Berkeley (1996-98), na HEC Montréal (2007) e na Erasmus University (2016-17). É Bellagio Fellow, indicado pela Fundação Rockefeller em 2014, e pesquisador do Centro de Microfinanças e Inclusão Financeira pela FGV (GVcemif) desde 2007. Foi coordenador do ADI divisão acadêmica da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (Anpad) de 2005 a 2006 e coordenador do tema Tecnologia da Informação no governo, Comunidades e Organizações Não-Governamentais na Anpad (2007 a 2009). Professor da Escola de Administração do Estado da FGV EAESP desde 1999, foi editor-chefe da Revista de Administração de Empresas (RAE), da GVexecutivo e da GVcasos, de janeiro de 2009 a dezembro 2015. Tem pesquisado sobre aplicações de tecnologia e impactos em bancos, governo e sociedade desde 1991 e publicou inúmeros trabalhos acadêmicos sobre a inclusão financeira em conferências internacionais e periódicos.