International Competition and Labor Market Adjustment

  • International Competition and Labor Market Adjustment
    Resumo

    Como a condição do bem-estar muda a curto e longo prazo quando a integração comercial ocorre nos mercados de trabalho imperfeitos? Mesmo que os consumidores se beneficiem de preços inferiores, pode haver perdas significativas de bem-estar devido a aumentos no desemprego e salários mais baixos. Na pesquisa, é construído um modelo de comércio ricardiano dinâmico e multissetorial que incorpora tanto as tensões de pesquisa como as tensões de mobilidade laboral. Em seguida, estima-se estruturalmente este modelo e quantifica tanto as perdas potenciais para os trabalhadores como os benefícios para os consumidores decorrentes da integração da China na economia global. 

Cadastre-se para receber novidades do Think Tank FGV

Autor

  • João Paulo Pessoa

    Possui graduação em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004), mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2009) e PhD em Economia - London School of Economics (2015). Trabalhou como analista no Banco BBM e agora é professor assistente na Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP).