Avaliações

Global Go To Think Tanks Rankings

A Fundação Getulio Vargas está pelo décimo ano seguido entre os melhores think tanks do mundo. É o que aponta o 2019 Global Go To Think Tank Index Report, divulgado pela Universidade da Pensilvânia.

Nesta edição, a FGV ficou na 5ª posição, figurando entre os cinco melhores think tanks do mundo, além de ter sido considerada o melhor think tank da América Latina pelo décimo primeiro ano consecutivo. A instituição também se tornou hors concours em outra categoria, após ter sido eleita o think tank mais bem administrado do mundo pelo terceiro ano seguido.

Em várias outras categorias a instituição ocupa posições de destaque, figurando no top 10. São elas: o 4º melhor centro de estudos regionais; o 4º em políticas sociais; o 6º em avanços nas áreas de pesquisa e inovação; o 7º em pesquisa transdisciplinar; o 7º em ideia ou paradigma desenvolvido; o 8º em melhor conferência realizada; o 8º em colaboração institucional com dois ou mais think tanks; e o 10º em desenvolvimento de políticas públicas.

ranking da Universidade da Pensilvânia é elaborado desde 2006 pelo Think Tanks and Civil Societies Program e considera quase 8 mil think tanks em todo o mundo. O material completo está disponível no site do Global Go To Think Tank Index.

 

Emerging/Trendence Global Employability Ranking

Por cinco anos consecutivos, de 2010 a 2015, a FGV foi eleita uma das 150 melhores instituições de ensino superior do mundo, cujo principal critério de avaliação é a formação de profissionais prontos para o mercado de trabalho. A avaliação é feita pelo Global Employability University Ranking e divulgada pela revista britânica Times Higher Education.

Rankings do Financial Times

O OneMBA da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP) foi escolhido como o melhor MBA executivo da América Latina e figura entre os 55 melhores do mundo, segundo o Executive MBA Ranking 2019, realizado pelo jornal Financial Times.

O programa está à frente de renomadas instituições internacionais e é o único brasileiro entre os 55 melhores. Totalmente oferecido em inglês, o OneMBA é desenvolvido pela FGV EAESP, em parceria com a EGADE Business School Tecnológico de Monterrey (México), a Rotterdam School of Management (Holanda), a University of North Carolina Kenan-Flagler Business School (EUA) e a Escola de Administração da Xiamen University (China).

Baseado em entrevistas com ex-alunos de escolas de negócios de todo o mundo, o ranking do Financial Times avalia itens como o incremento salarial após o fim do curso, progressão na carreira, o número de alunos de outros países, de alunos com doutorado e diversidade de gênero. Confira a colocação do OneMBA no ranking FT.

Ranking Internacional da Universidade de Tilburg

A FGV EPGE tem sido apontada há vários anos como o primeiro departamento de economia da América Latina pelo Ranking Internacional de Departamentos de Economia da Universidade de Tilburg (no critério Tilburg e lista completa de periódicos). 

Para saber mais sobre o ranking, clique aqui.

Ideas Economic and Financial Research (IDEAS-RePEC) Ranking

A FGV EPGE ocupa o 1º lugar no índice RePEc (Research Papers in Economics) no Brasil. O ranking foi construído com base na produção e citação dos artigos dos pesquisadores, medindo a produtividade e o impacto em pesquisa acadêmica. A IDEAS-RePEC  é uma base de dados bibliográficos dedicados ao segmento econômico, sendo parte integrante da Research Papers in Economics (RePEc), uma associação que reúne mais de 1 milhão de pesquisas e trabalhos de vários países, com foco no desenvolvimento na área em diversos aspectos. 

ANPEC - Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia

A ANPEC realiza anualmente o Exame Nacional de Seleção de candidatos aos cursos de mestrado em Economia oferecidos por seus centros membros ou associados. Os objetivos do Exame são avaliar a qualificação acadêmica dos candidatos e fornecer aos centros os resultados da avaliação.

2019

  • - 1º Colocado Nacional – Pedro Feijó de Moraes - aluno de graduação da EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)
  • - 2º Colocado Nacional – Gustavo Ferrer Brandão - aluno de graduação da EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)
  • - 4º Colocado Nacional – Otávio Moura Rubião - aluno de graduação da EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)
  • - 8º Colocado Nacional – Pedro Levy Schott Pacheco - aluno de graduação da EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)

 

2018

  • - 1º Colocado Nacional – Gabriel Dias Santamarina - aluno de graduação da EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)

 

MEC/IGC – Índice Geral de Cursos

O Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) é um indicador de qualidade que avalia as Instituições de Educação Superior. Seu cálculo é realizado anualmente e leva em conta os seguintes aspectos: 1 - média dos CPCs do último triênio, relativos aos cursos avaliados da instituição, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados; 2 - média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela CAPES na última avaliação trienal disponível, convertida para escala compatível e ponderada pelo número de matrículas em cada um dos programas de pós-graduação correspondentes; 3 - distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu, excluindo as informações do item 2 para as instituições que não oferecerem pós-graduação stricto sensu. Como o IGC considera o CPC dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores, sua divulgação refere-se sempre a um triênio, compreendendo todas as áreas avaliadas previstas no Ciclo Avaliativo do Enade. Fonte: Portal MEC.

MEC/ IGC 2018

  • - 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE)
  • - 2º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC) 
  • - 3º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP)
  • - 7º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE) 
  • - 8º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP)
  • - 17º Colocado Nacional – Escola de Matemática Aplicada (FGV EMAp)
  • - 30º Colocado Nacional – Escola de Direito de Rio de Janeiro (FGV Direito Rio)
  • - 36º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP)
  •  

MEC/ IGC 2017 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 2º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 3º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 11º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 12º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 15º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP); 20º Colocado Nacional – Escola de Matemática Aplicada (FGV EMAp); 36º Colocado Nacional – Escola de Direito de Rio de Janeiro (FGV Direito Rio)

MEC/ IGC 2016 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 2º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 6º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 13º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 16º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 35º Colocado Nacional – Escola de Direito de Rio de Janeiro (FGV Direito Rio); 39º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP).

MEC/ IGC 2015 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 2º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 7º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 12º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 15º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 31º Colocado Nacional – Escola de Direito de Rio de Janeiro (FGV Direito Rio); 37º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP).

MEC/ IGC 2014 – 1º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 2º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 3º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 8º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 13º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 17º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP).

MEC/ IGC 2013 – 1º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 2º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 3º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 8º Colocado Nacional – Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 17º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 19º Colocado Nacional – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP).

MEC/ IGC 2012 – 1º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 2º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 5º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 7º Nacional – Escola Superior de Ciências Sociais (FGV CPDOC).

MEC/ IGC 2011 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 2º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 8º Colocado Nacional – Escola Superior de Ciências Sociais (FGV CPDOC); 10º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 12º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE).

MEC/ IGC 2010 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 3º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 8º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 10º Colocado Nacional – Escola de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE).

MEC/ IGC 2009 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 3º Colocado Nacional – Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP); 7o Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); 1º lugar entre as Escolas de Direito de São Paulo – Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP).

MEC/ IGC 2008 – 2º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 3º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 5º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP).

MEC/ IGC 2007 – 1º Colocado Nacional – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE); 3º Colocado Nacional – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE); 4º Colocado Nacional – Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP).

ENADE – Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. A primeira aplicação ocorreu em 2004. A periodicidade máxima de avaliação de cada área do conhecimento é trienal.

Enade – 2018

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Administração (FGV EBAPE)
  • Administração de Empresas (FGV EAESP)
  • Administração Pública (FGV EAESP)
  • Ciências Econômicas (FGV EPGE)
  • Direito (FGV Direito Rio)
  • Direito (FGV Direito SP)
  • Tecnologia em Gestão Financeira (FGV EBAPE)
  • Tecnologia em Gestão Pública (FGV EBAPE)
  • Tecnologia em Marketing (FGV EBAPE)
  •  

- Conceito 4:

  • Ciências Econômicas (FGV EESP)
  • Tecnologia em Gestão Comercial (FGV EBAPE)
  • Tecnologia em Processos Gerenciais (FGV EBAPE)

 

Enade – 2017

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Matemática Aplicada (FGV EMAp)
  •  

- Conceito 4:

  • Ciências Sociais (FGV CPDOC)
     

Enade – 2015

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Direito (FGV Direito Rio)
  • Direito (FGV Direito SP)
  • Administração (FGV EAESP)
  • Administração (FGV EBAPE)
  • Ciências Econômicas (FGV EPGE)
  • Ciências Econômicas (FGV EESP)
  •  

- Conceito 4:

  • Direito (FGV Direito SP)
  • Administração Pública (FGV EAESP)

 

Enade – 2014

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Ciências Sociais (FGV CPDOC)

 

Enade – 2012

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Direito (FGV Direito SP)
  • Administração (FGV EBAPE)
  • Ciências Econômicas (FGV EPGE)
  • Ciências Econômicas (FGV EESP)
  •  

- Conceito 4:

  • Direito (FGV Direito Rio)
  • Direito (FGV Direito SP)
  • Administração de Empresas (FGV EAESP)
     

Enade – 2011

- Conceito 4:

  • Ciências Sociais (FGV CPDOC)
  •  

Enade – 2009

- Conceito 5 (Nota Máxima):

  • Direito (FGV Direito SP)
  • Administração (FGV EBAPE)
  • Administração de Empresas (FGV EAESP)
  • Ciências Econômicas (FGV EPGE)
  • Ciências Econômicas (FGV EESP)
  •  

- Conceito 4:

  • Direito (FGV Direito Rio)

 

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

O Sistema de Avaliação da Pós-graduação foi implantado pela Capes em 1976 e desde então vem cumprindo papel de fundamental importância para o desenvolvimento da pós-graduação e da pesquisa científica e tecnológica no Brasil, e compreende a realização do acompanhamento anual e da avaliação trienal do desempenho de todos os programas e cursos que integram o Sistema Nacional de Pós-graduação, SNPG. Os resultados desse processo, expressos pela atribuição de uma nota na escala de 1 a 7 para programas stricto sensu acadêmicos e de 1 a 5 para Mestrados Profissionais fundamentam a deliberação CNE/MEC sobre quais cursos obterão a renovação de “reconhecimento”, a vigorar no triênio subsequente. Fonte: Portal MEC/Inep.

CONCEITO CAPES 2017

FGV CPDOC – Escola de Ciências Sociais (RJ)

  • Doutorado em História, Política e Bens Culturais – Conceito 5
  • Mestrado Acadêmico em História, Política e Bens Culturais – Conceito 5
  • Mestrado Profissional em Bens Culturais e Projetos Sociais – Conceito 5 (Nota Máxima)
     

FGV Direito Rio – Escola de Direito do Rio de Janeiro (RJ)

  • Mestrado Acadêmico em Direito da Regulação – Conceito 3
     

FGV Direito SP - Escola de Direito de São Paulo (SP)

  • Mestrado Acadêmico em Direito e Desenvolvimento – Conceito 4
  • Mestrado Profissional em Direito – Conceito 4
     

FGV EAESP – Escola de Administração de Empresas de São Paulo (SP)

  • Doutorado em Administração de Empresas – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Acadêmico em Administração de Empresas – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Doutorado em Administração Pública e Governo – Conceito 6
  • Mestrado Acadêmico em Administração Pública e Governo – Conceito 6
  • Mestrado Profissional em Administração de Empresas – Conceito 5 (Nota Máxima)
  • Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas – Conceito 4
  • Mestrado Profissional em Gestão Internacional – Conceito 4
  • Mestrado Profissional em Gestão para a Competitividade – Conceito 4
     

FGV EBAPE – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (RJ) 

  • Doutorado em Administração – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Acadêmico em Administração – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Profissional em Administração Pública – Conceito 4
  • Mestrado Profissional em Gestão Empresarial – Conceito 5 (Nota Máxima)
     

FGV EBAPE/ FGV EAESP (Brasília)

  • Mestrado Profissional em Administração de Negócios – Conceito 4
     

FGV EESP – Escola de Economia de São Paulo (SP) 

  • Doutorado em Economia de Empresas – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Acadêmico em Economia de Empresas – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Profissional em Finanças e Economia – Conceito 5 (Nota Máxima)
  • Mestrado Profissional em Agronegócio – Conceito 4
     

FGV EMAp - Escola de Matemática Aplicada (RJ)

  • Mestrado Acadêmico em Modelagem da Informação – Conceito 4
     

FGV EPGE – EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (RJ)

  • Doutorado em Economia – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Acadêmico em Economia – Conceito 7 (Nota Máxima)
  • Mestrado Profissional em Economia – Conceito 5 (Nota Máxima)