• II Seminário de Análise Conjuntural 201917 jun 201916:00 a 18:00
    Economia
    II Seminário de Análise Conjuntural 2019
    Local: Centro Cultural FGV
    Endereço: Praia de Botafogo, 186 - Botafogo, Rio de Janeiro/RJ
    Data: 17 Junho 2019
    Horário: 16:00
    Responsáveis: FGV IBRE

    Por que a economia brasileira não sai do lugar? Depois da grande recessão de 2014-16, o país não tem seguido o figurino tradicional, com a atividade seguindo em ritmo lento, a despeito dos juros baixos e do câmbio competitivo. No primeiro trimestre deste ano, o PIB encolheu 0,2% - só não caiu mais pelo aumento de 0,3% do consumo das famílias -, com forte recuo da indústria extrativa pelo rompimento da barragem de Brumadinho, além de nova retração da produção da indústria de transformação, em grande parte duramente afetada pela crise argentina. Some-se a isso a queda de 1,7% na taxa de investimento. Com isso, as projeções da atividade este ano estão sendo revistas para baixo, oscilando na faixa de 1% a 1,5%.

    Mas há quem espere menos que isso, já que o investimento continua despencando. Até quando esse quadro deve permanecer? Quais suas implicações para o mercado de trabalho e as políticas fiscal e monetária? Como a política reagirá a esse quadro?

    Essa difícil conjuntura e as perspectivas que ela abre para o ano serão debatidas no II Seminário de Análise Conjuntural que irá reunir economistas e cientista político para avaliar os entraves que continuam deixando a atividade econômica praticamente estagnada.

Palestrantes

  • Armando Castelar

    Armando Castelar Pinheiro é Coordenador de Economia Aplicada do FGV IBRE e professor do Instituto de Economia da UFRJ. Atuou como analista da Gávea Investimentos, pesquisador do IPEA e chefe do Departamento Econômico do BNDES, tendo lecionado nos programas de pós-graduação da PUC-Rio e da FGV EPGE. Castelar é Ph.D. em Economia pela Universidade da Califórnia, Berkeley, formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA e mestre em Estatística pelo IMPA e em Administração de Empresas pela COPPEAD. É membro do Conselho Superior de Economia da FIESP e articulista dos jornais Valor Econômico e Correio Braziliense. Seus livros mais recentes são “Sociedade e Economia: estratégias de crescimento e desenvolvimento” (2009, IPEA, co-organizado com João Sicsú) e “Mercado de Capitais e Bancos Públicos” (2007, Ed Contracapa, co-organizado com Luiz Chrysostomo de Oliveira Filho). 

  • Silvia Matos

    Mestre e doutora em Economia pela EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE). Possui graduação em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Ex-economista do Departamento de Pesquisa do Banco BBM. Professora do Mestrado Profissional em Economia da FGV EPGE e coordenadora técnica do Boletim Macro IBRE. 

  • José Júlio Senna

    Doutor e Mestre em Economia pela The Johns Hopkins University (Baltimore - EUA). Entre as experiências profissionais do pesquisador, destaca-se a atuação no Banco Central do Brasil, em 1985, como diretor da Dívida Pública e Mercado Aberto. Foi diretor executivo de algumas instituições financeiras, como Banco Boavista, Banco da Bahia Investimentos, Banco Graphus e Banco Fleming Graphus.

    De 1997 a 2012, José Júlio atuou como membro suplente do Conselho Diretor da FGV. Foi, ainda, professor da FGV EPGE de 1973 a 1988 e assumiu o cargo de vice-diretor da mesma escola em 1980.

  • Carlos Pereira

    Professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE). Atualmente também é Visiting Fellow in the Foreign Policy and Global Economy and Development programs do Brookings Institution, Washington-DC. Anteriormente foi professor titular da Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP) e professor do Departamento de Ciência Política da Michigan State University. Teve passagem como professor visitante do departamento de Economia da Universidade de São Paulo (USP) e do Colby College-Maine, USA. Além disso, foi pesquisador adjunto do Departamento de Ciências Sociais da Fundação Oswaldo Cruz. Possuindo ainda vasta experiência como consultor e pesquisador de agências internacionais como Banco Interamericano de Desenvolvimento-IADB, Banco Mundial, e do Department for International Development (DFID), UK. Publicou em vários periódicos nacionais e internacionais tais como Journal of Politics, Comparative Political Studies, Legislative Studies Quarterly, Governance, Political Research Quarterly, Journal of Latin American Studies, Electoral Studies, Quarterly Review of Economics and Finance, Journal of Legislative Studies, Revista Dados, Revista Brasileira de Economia Política, Revista Brasileira de Ciências Sociais, entre outras. Ele também publicou um livro co-autorado "Regulatory Governance in Infrastructure Industries" pelo World Bank Press e tem outro livro intitulado Power, Beliefs, and Institutions: Understanding Modern Development with an Application to Brazil que será submetido para a Cambridge University Press.

  • Samuel Pessôa

    Graduação e mestrado em Física pela USP, e doutorado em Economia pela USP. Atualmente é sócio da Reliance em São Paulo, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) e colunista do jornal Folha de S. Paulo. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Crescimento e Desenvolvimento Econômico, atuando principalmente nos seguintes temas: economia, taxas, educação no Brasil e gastos. Autor de diversos artigos acadêmicos sobre temas ligados ao desenvolvimento econômico, publicados em revistas nacionais e internacionais.

Local

Centro Cultural FGV
Praia de Botafogo, 186 - Botafogo, Rio de Janeiro/RJ

Confira outros eventos