Pesquisa sobre Shadow Banking conquista Prêmio Fundo Garantidor de Crédito

O objetivo da pesquisa é identificar como o sistema de shadowbanking impacta a eficiência do sistema bancário e a estabilidade financeira, através de uma análise internacional comparada e de estudos a respeito do funcionamento do mercado brasileiro.
Administração
29 Maio 2018
Pesquisa sobre Shadow Banking conquista Prêmio Fundo Garantidor de Crédito

O Shadow Banking, também conhecido como sistema de instituições financeiras não-bancárias, já atinge a marca de US$ 45 trilhões em total de ativos no mundo. De um lado, as inovações financeiras demonstram que a existência desse sistema é essencial para a estabilidade dos mercados. De outro, há preocupações em relação ao impacto econômico dos ciclos de expansão de crédito, especialmente devido aos efeitos da crise financeira mundial de 2008. Uma pesquisa em andamento da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP) que aborda o tema acaba de receber o Prêmio Fundo Garantidor de Crédito (FGC) 2018.

Intitulado “Shadowbanking, Inovação e Estabilidade Financeira”, o trabalho é fruto da pesquisa de doutorado de Mariana Aparecida Calabrez Oreng, que é orientada pelo professor Richard Saito. O objetivo da pesquisa é identificar como o sistema de shadowbanking impacta a eficiência do sistema bancário e a estabilidade financeira, através de uma análise internacional comparada e de estudos a respeito do funcionamento do mercado brasileiro.

O Prêmio FGC visa incentivar a produção acadêmica sobre o tema garantia de depósitos. Os trabalhos vencedores estão disponíveis no site da premiação. Para saber mais sobre a premiação e sobre o trabalho vencedor, acesse o site.