Pesquisas sobre mudanças climáticas da EAESP são publicadas por think tank alemão

Nesta edição, pesquisadores do GVces da EAESP contribuíram com a publicação de dois artigos sobre a governança da adaptação à mudança do clima na estratégia de desenvolvimento e as perspectivas da precificação de carbono no Brasil.
Institucional
28 Outubro 2016

A nova edição do Caderno Adenauer, da Fundação Konrad Adenauer, traz abordagens sobre mudança climática, com destaque para o papel que os governos locais podem desempenhar no seu enfrentamento, além de análises sobre o cenário pós-COP 21. Nesta edição, pesquisadores do Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) contribuíram com a publicação de dois artigos sobre a governança da adaptação à mudança do clima na estratégia de desenvolvimento e as perspectivas da precificação de carbono no Brasil.Em ?O papel da governança para a integração da adaptação na estratégia de desenvolvimento?, de Guarany Osório e Inaiê Santos, é explorado o papel da governança para que as questões relacionadas à adaptação sejam incorporadas nas diversas agendas setoriais que dão sustentação à estratégia nacional de desenvolvimento e, mais que isso, sejam um indutor de integração e coerência nas políticas públicas. Embora não seja uma solução para o financiamento de todas ações necessárias à adaptação, as ideias apresentadas visam contribuir para a busca da eficiência no uso dos recursos públicos que, no planejamento convencional, já seriam alocados na execução de planos e projetos setoriais para apoiar uma estratégia de desenvolvimento.Já o artigo ?Precificação de carbono no Brasil: perspectivas e aprendizados a partir de uma simulação de mercado cap-and-trade?, de Mariana Nicolletti e Guilherme Lefèvre, aborda a experiência do Sistema de Comércio de Emissões da Plataforma Empresas pelo Clima (SCE EPC) no Brasil e analisa as perspectivas e os desafios do uso de instrumentos de precificação de carbono no país à luz dos compromissos assumidos no âmbito do Acordo de Paris.Para mais informações sobre os artigos, acesse o site.