Administração em ambientes militares e defesa nacional é tema de novo livro da Editora FGV

O livro aborda os aspectos contemporâneos da gestão estratégica da defesa nacional, a gestão de pessoas, a relevância da cultura e do multiculturalismo, o trabalho emocional e psicológico nas ações militares, a liderança e a logística.
Administração
24 Janeiro 2017

O Brasil, afastado de conflitos bélicos há tempos, se acostumou a relacionar o termo “defesa” aos momentos de guerra e a percebê-los como de interesse meramente militar. O livro "Desafios gerenciais em defesa", publicado pela Editora FGV, busca desmistificar esse paradigma e apresenta desafios em gerenciar grandes instituições, entre elas, as Forças Armadas.

Organizado pelos professores Paulo Roberto Motta, da Fundação Getulio Vargas, Valentina Gomes Haensel Schmitt e Carlos Antonio Raposo de Vasconcellos, ambos pós-graduados pela FGV, o livro aborda os aspectos contemporâneos da gestão estratégica da defesa nacional, a gestão de pessoas, a relevância da cultura e do multiculturalismo, o trabalho emocional e psicológico nas ações militares, a liderança e a logística.

Os estudos consideram a necessidade de alavancar a criação do conhecimento organizacional para proporcionar maiores níveis de autonomia e de realização e induzir ações estratégicas que permitam às organizações gerar valor adicional e atuar com mais agilidade nas arenas em que estão imersas.

A obra é resultado de incentivos recentes para aumentar os conhecimentos de natureza interdisciplinar sobre políticas e gestão da defesa. O tema ainda é pouco estudado no Brasil, apesar dos pontos em comum entre o desenvolvimento das ciências militares e sua influência nos estudos da área administrativa. O livro representa, ainda, uma nova inserção no mundo contemporâneo, pois o progresso da ciência administrativa nos últimos anos tem se manifestado de forma interdisciplinar, sobretudo na perspectiva da política pública.

O livro “Desafios gerenciais em defesa” está disponível para compra no site da Editora FGV.