Ensino e pesquisa de História através de games: pesquisadora debate tema na FGV

Tendo como panorama o que hoje tem sido chamado de Humanidades Digitais, o objetivo do encontro é debater sobre a ideia de gamificação e pensar como os games podem ser utilizados para construir experiências concretas de aprendizagem no âmbito dos estudos históricos.
Ciências Sociais
25 Agosto 2017
Ensino e pesquisa de História através de games: pesquisadora debate tema na FGV

O Laboratório de Humanidades Digitais (LHD) da Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (CPDOC) recebe, no dia 30 de agosto, a historiadora Marcella Albaine para a palestra “Humanidades digitais e gamificação: pensando o ensino, a pesquisa e a divulgação histórica”. O evento será realizado na Casa Acervo CPDOC (Rua Jornalista Orlando Dantas, 60. Botafogo, Rio de Janeiro), a partir das 14h.

Tendo como panorama o que hoje tem sido chamado de Humanidades Digitais, o objetivo do encontro é debater sobre a ideia de gamificação e pensar como os games podem ser utilizados para construir experiências concretas de aprendizagem no âmbito dos estudos históricos. Defende-se igualmente a potencialidade deste universo para a divulgação e a pesquisa nessa área, abordando-se como o tema passou a ser objeto de reflexão materializado na composição do livro “Ensino de História e games: dimensões práticas em sala de aula”, de autoria da palestrante.

Pesquisadora na área de História Digital e Ensino de História, Marcella Albaine é professora de História em turmas do Ensino Fundamental e de Ensino Médio. É doutoranda em História (UNIRIO), Mestre em Educação (UFRJ), Especialista em Tecnologias da Informação Aplicadas à Educação (UFRJ) e Graduada em História (bacharelado e licenciatura, UFRJ).

Para mais informações e inscrições, acesse o site.