Evento internacional foca em parceria entre UE-Brasil para transição energética

Aberto ao público, o encontro será realizado em Bruxelas, no formato híbrido, no dia 21 de junho, às 13h, e contará com a participação de Carlos Ivan Simonsen Leal, presidente da FGV. 
Relações Internacionais
14 Junho 2024
Evento internacional foca em parceria entre UE-Brasil para transição energética

A FGV Europe em parceria com a Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio) e o think tank para assuntos europeus, Leading Independent Think Tank on European Policies (CEPS), promove o evento "The EU-Brazil partnership for the green energy transition: fostering trade and investments in net-zero projects". Aberto ao público, o encontro será realizado em Bruxelas, no formato híbrido, no dia 21 de junho, às 13h, e contará com a participação de Carlos Ivan Simonsen Leal, presidente da FGV. 

A União Europeia e o resto do mundo em geral estão enfrentando alguns desafios importantes: a transição ecológica global, o aumento das tensões geopolíticas, a guerra russa na Ucrânia entre outros pontos. Neste contexto, a UE adotou recentemente uma estratégia de redução dos riscos destinada a garantir o seu abastecimento em setores fundamentais, incluindo as tecnologias limpas e as matérias-primas críticas. Este objetivo deve ser alcançado diminuindo e, eventualmente, evitando as suas dependências críticas excessivas em relação a alguns países estrangeiros. 

Com estes objetivos em mente, foram recentemente aprovados ou adoptados atos legislativos fundamentais, como a Lei da Indústria Zero da UE e a Lei das Matérias-Primas Críticas da UE. Estas duas leis, que fazem parte do Plano Industrial do Pacto Ecológico, foram concebidas para reforçar as capacidades de produção e inovação da UE no domínio das tecnologias limpas e das matérias-primas críticas. Simultaneamente, procuram diversificar o acesso a fatores de produção críticos e a mercados externos em crescimento, através de uma política de compromisso assente numa rede de acordos de comércio livre e de “friendshoring”. Estas colaborações incluem, por exemplo, parcerias internacionais estratégicas e o Global Gateway. 

O Brasil representa um parceiro comercial e de investimento essencial para a UE e o mundo nesta transição para as energias verdes. É um ator importante na inovação em matéria de energias limpas, sendo responsável por quase 7 % da produção de energias renováveis do planeta. Além disso, procura agora expandir as suas capacidades de inovação para novas áreas tecnológicas, como o hidrogênio e outras soluções de baixas emissões. É importante notar que a UE é o segundo maior parceiro comercial do Brasil. É também, há vários anos, o maior investidor estrangeiro em muitas áreas da economia brasileira, incluindo tecnologias limpas.

Neste contexto, o evento visa abordar alguns aspectos fundamentais do comércio e do investimento da atual e futura parceria UE-Brasil para a transição para as energias verdes: 

  • Como podem as medidas e ações da UE e do Brasil nos domínios industrial e comercial ser eficazmente combinadas com o objetivo de reforçar a sua parceria no domínio da energia verde? 

  • Quais são os atuais projetos bilaterais de cooperação no domínio da energia verde entre a UE e o Brasil? 

  • Quais são as futuras oportunidades de investimento no Brasil neste domínio? 

  • Com base na sua parceria mútua, qual a melhor forma de a UE e o Brasil agirem em conjunto a nível multilateral a favor do comércio e dos investimentos sustentáveis no setor das energias verdes? 

Para saber mais sobre o evento e realizar a sua inscrição, acesse o site

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.