Palestra aborda narrativas da imprensa sobre técnicos que comandaram a seleção em Copas do Mundo

A pesquisa de Filipe Mostaro analisa uma série sistemática de reportagens de três jornais brasileiros para entender como foram narrados os treinadores da seleção brasileira de futebol ao longo dos anos
Ciências Sociais
05 Novembro 2019
Palestra aborda narrativas da imprensa sobre técnicos que comandaram a seleção em Copas do Mundo

O Laboratório de Estudos do Esporte (LESP) da Escola de Ciências Sociais da (FGV CPDOC) realiza, no dia 7 de novembro, a palestra “Os técnicos de futebol e as Copas do Mundo: imprensa, narrativa e o imaginário da elite cultural do esporte”, com Filipe Mostaro. O evento será realizado no auditório 406 da Sede FGV (Praia de Botafogo, 190. Botafogo, Rio de Janeiro).

Como foram narrados os treinadores da Seleção Brasileira de futebol pelos jornais nacionais? Para responder a essa pergunta, a pesquisa de Filipe Mostaro, originalmente uma tese de doutorado, analisou uma série sistemática de reportagens de três jornais brasileiros.

A apresentação mostra as categorizações usadas nos jornais para se referir à figura do treinador, a partir da análise das relações entre o campo esportivo e os demais campos, além de uma análise qualitativa de tais reportagens. Do “doutor” Píndaro de Carvalho em 1930 à personificação de Zagallo como o “treinador” em 1970, depreende-se que, no universo criado pelos periódicos impressos, era exigido determinado habitus dos indivíduos que ocuparam a função de técnico durante o ritual nacional que é uma Copa do Mundo.

Filipe Mostaro é doutor e mestre pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação da UERJ e professor substituto do Departamento de Jornalismo da mesma universidade. Graduado em Comunicação Social pela UFJF, com especialização em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pelo Instituto de Gestão e Comunicação.

Para mais informações e inscrições, acesse o site.