Retrospectiva 2018: Pesquisas que impactaram o cotidiano social do país

A exposição virtual sobre o ex-presidente Getúlio Vargas e a propaganda política pelo FGV CPDOC e o Portal da Inflação pelo FGV IBRE, um site que reúne informações sobre os principais indicadores de inflação do país são alguns dos destaques de 2018.
Institucional
28 Dezembro 2018
Retrospectiva 2018: Pesquisas que impactaram o cotidiano social do país

A prolífica produção acadêmico-científica foi marcante durante todo o ano na FGV. De setembro ao fim de 2018 foram diversos projetos iniciados e uma série de pesquisas, muitas delas com impacto significativo no cotidiano social do país, que tiveram seus resultados apresentados ao público.

A região amazônica guarda uma das maiores biodiversidades do planeta. Um estudo da FGV EMAp em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz se dedicou à pesquisa sobre a relação entre a piscicultura e a epidemia de malária. O projeto de pesquisa aplicada, financiado pela FGV tem o propósito de criar um modelo matemático para representar a relação entre os tanques artificiais e a transmissão da doença. O zika vírus também foi objeto de pesquisa. O relatório “Vozes Silenciosas: A Experiência da Mulher com o Zika Vírus” foi elaborado a partir de uma abordagem integrada de saúde pública e direitos humanos e busca apresentar uma compreensão mais ampla da crise na saúde provocada pelo arbovírus.

Duas importantes áreas de atuação da FGV são a preservação de arquivos e acervos históricos de importantes personalidades da história do país e o desenvolvimento de índices econômicos que servem de parâmetro para diversos segmentos da sociedade. Nesse sentido, foi lançada a exposição virtual sobre o ex-presidente Getúlio Vargas e a propaganda política pelo FGV CPDOC e o Portal da Inflação pelo FGV IBRE, um site que reúne informações sobre os principais indicadores de inflação do país, além de apresentar ao público uma funcionalidade inovadora que permite o cálculo da variação de preços no orçamento individual.

Já o estudo do FGV Social constatou o avanço da pobreza e da desigualdade no Brasil nos últimos quatro anos em decorrência da grave crise econômica que assolou o país. Outro estudo do centro traçou um comparativo entre a percepção do brasileiro com o restante do mundo. O fenômeno das migrações também foi destaque no mundo e em 2018 entrou de vez na pauta do debate público brasileiro. Nesse sentido a FGV DAPP lançou a plataforma #observamigração.

Por fim, merece destaque o estudo sobre intelectualidade negra, escravidão e herança africana que foi contemplado pela Faperj, a pesquisa que avalia o impacto da tecnologia nos escritórios de advocacia, e o lançamento do programa de Diversidade, da FGV Direito Rio.

- Veja a primeira parte da retrospectiva FGV Notícias – Pesquisas e Estudos.
- Veja a segunda parte da retrospectiva FGV Notícias – Pesquisas e Estudos.