Diretor da FGV Energia é nomeado para Conselho Nacional de Política Energética

Carlos Quintella vai integrar o CNPE pelos próximos dois anos e, junto com os demais membros que integram o órgão, terá a missão de promover o aproveitamento racional dos recursos energéticos do país.
Energia
11 Dezembro 2018
Diretor da FGV Energia é nomeado para Conselho Nacional de Política Energética

O diretor da FGV Energia, Carlos Otavio de Vasconcellos Quintella, foi nomeado como membro do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) como representante de instituição acadêmica brasileira, especialista em matéria de energia, por meio da Portaria do Ministério de Minas e Energia (MME) nº3, publicada no dia 6 de dezembro no Diário Oficial da União.

O CNPE é o órgão de assessoramento da Presidência da República para formulação de políticas e diretrizes de energia e é responsável pela indicação de ações a serem tomadas pelo governo federal com assessoria técnica das agências reguladoras.

Carlos Quintella vai integrar o CNPE pelos próximos dois anos e, junto com os demais membros que integram o órgão, terá a missão de promover o aproveitamento racional dos recursos energéticos do país; assegurar, em função das características regionais, o suprimento de insumos energéticos às áreas mais remotas ou de difícil acesso; rever periodicamente as matrizes energéticas aplicadas às diversas regiões do país; e estabelecer diretrizes para programas específicos de geração de energia.

“É com muito orgulho e grande satisfação que recebo esta missão de representar a academia brasileira, em momento de relevantes mudanças em nosso país. Atuarei com imparcialidade e razoabilidade, características próprias da FGV, buscando sempre o melhor para o Brasil”, destaca.