FGV lança 2ª turma do programa sobre recuperação energética e tratamento de resíduos

O programa é inédito no Brasil e visa promover as melhores práticas na gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos.
Energia
15 Março 2024
FGV lança 2ª turma do programa sobre recuperação energética e tratamento de resíduos

O FGV In Company e a Associação Brasileira de Recuperação Energética de Resíduos (ABREN) celebraram uma parceria com o objetivo de promover o MBA Executivo em Administração - Recuperação Energética e Tratamento de Resíduos. O programa é inédito no Brasil e visa promover as melhores práticas na gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos.

O MBA busca promover melhores práticas de gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos por meio da reciclagem, compostagem e recuperação energética, capacitando seus participantes para o desenvolvimento de negócios em um mercado potencial de investimentos de R$ 300 bilhões de reais nos próximos anos.

“O programa foi pensado totalmente customizado e para aqueles que buscam promover melhores práticas de gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos por meio da reciclagem, compostagem, coprocessamento, biogás, biometano e recuperação energética de resíduos (combustão), capacitando seus participantes para o desenvolvimento de negócios em um mercado que está alinhado com a agenda ESG, setor de saneamento, transição energética e ecológica. São tecnologias ambientais que reduzem as emissões de gases de efeito estufa em até 10x, além de evitar sensivelmente os gastos com a saúde pública e o meio ambiente”, destaca Yuri Schmitke, presidente executivo da ABREN.

Gesner Oliveira, professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP) e coordenador do curso destaca que o assunto torna-se mais relevante diante das condições criadas pelo novo marco do saneamento (Lei nº 14.026/2020).

“O novo Marco do Saneamento obriga todas as prefeituras a estruturarem Parcerias Público Privadas (PPPs) no caso de delegação do serviço público de coleta, transporte e destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos urbanos. Além disso, o Brasil tem o maior potencial do mundo de produção de biogás e aproveita apenas 3%, conforme aponta a World Biogas Association (WBA). Essas são as condições que irão revolucionar o setor de resíduos no Brasil”, explica o professor Gesner.

O país possui uma capacidade teórica de produção de biogás estimada em impressionantes 84,6 bilhões de m³ anualmente. Esta cifra notável equivale a aproximadamente 40% das necessidades de eletricidade ou a 70% do consumo de diesel no Brasil. E acerca do potencial, vale ressaltar que o setor da agropecuária representa 93% do potencial de produção de biogás e biometano no país.

A parceria conta com um corpo docente altamente qualificado, quase todos com titulação de Mestrado e Doutorado e grande experiência de mercado. O Curso será ministrado a distância, por meio de aulas virtuais síncronas (ao vivo) mediado por tecnologia (ferramenta de videoconferência ZOOM) e atividades assíncronas realizadas no Ambiente Virtual da FGV (e-Class). Ao final do curso, os participantes receberão orientação e apoio para elaboração de um Plano de Negócio.

O início da segunda turma está previsto para o mês de agosto deste ano. Para mais informações, acesse o site.

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.